Livro traz desafios da infância com linguagem neutra e sem estereótipos de gênero



"A criança debaixo do guarda-chuva" traz importantes lições de vida para os pequenos, e não tão pequenos assim

Na data em que se comemora o Dia Internacional da Juventude, a Ubook, maior aplicativo de audiotainment da América Latina, lança “A criança debaixo do guarda-chuva”, escrito pelo jornalista Victor Viana. A obra de ficção tem como protagonista uma criança de treze anos que narra importantes questionamentos e sentimentos que surgem ao longo da sua vida. O livro já está disponível nas versões audiobook, e-book e impressa.

“A criança debaixo do guarda-chuva” aborda questões que todas as crianças passam. Desde amizades conquistadas e perdidas até dificuldades escolares, perpassando os dilemas da relação familiar, a criança protagonista desta história nos permite adentrar nos sabores e dissabores da sua trajetória. A singularidade dela, diante das demais crianças, é o objeto imponente e peculiar que carrega para todos os lugares: o guarda-chuva. Faça sol ou faça chuva, o fiel companheiro está sempre ali acompanhando-a.

De forma leve e descontraída, a obra se aproxima do público infantojuvenil e o convida para embarcar nas aventuras da personagem. “As crianças vão se identificar com as situações contadas no livro. Eu trouxe para a história algumas visões da minha infância e da minha relação com essa fase, o que mudou muito após o nascimento do meu primeiro filho. Sinto que fui um bom pai de criança e quero deixar um legado em forma de livro para meus filhos, é uma carta minha para eles”, conta o autor do livro.

A linguagem, cuidadosamente trabalhada, desconstrói clichês ao criar uma personagem sem gênero definido e ao trazer a linguagem poética, oferecendo uma interpretação pessoal à narrativa. “A linguagem é capaz de transmitir e reforçar estereótipos, principalmente na fase que estamos entendendo o mundo e amadurecendo. É importante educarmos e conscientizarmos os jovens desde pequenos”, explica Victor.

O prefácio da professora e doutoranda do Geni (Grupo de Estudos sobre Gênero, Sexualidade e Interseccionalidades) Sara Wagner explica que o livro nos permite refletir sobre os recursos de proteção, de guarda-chuva, que usamos no nosso dia a dia e que nos convida a pensar e a rever as “linhas tênues de autoridade”, sejam elas advindas da sociedade ao nosso redor ou das situações nas quais estamos inseridos.

Cuidadosamente pensado, cada formato do livro tem uma particularidade, tendo destaque o espaço reservado no material impresso para a criança poder escrever sobre o seu “guarda-chuva”. No formato audiobook, a particularidade está na seleção de voz. Para aproximar a identificação do ouvinte com o narrador da história e evitar a identificação de gênero do personagem, foram escolhidas duas vozes, sendo uma feminina e uma masculina, que oscilam entre os capítulos.

Com ilustração de Manuela Paiva, a capa apresenta o personagem de forma livre e descontraída, misturando cores e formas, o que auxilia o leitor a adentrar neste universo. “Ao enxergar as cores saltitantes, ouvir os sons melódicos e rítmicos das combinações de palavras e ver as letras desenhadas no papel, as crianças se identificam em seu mundo brincante”, afirma a designer gráfica e artista visual.

Sobre o autor

Victor Viana é jornalista, assessor de imprensa e escritor. Nascido em Cachoeiras de Macacu, reside em Búzios, Região dos Lagos do Rio de Janeiro, desde 2005. É casado, com a também jornalista Camila Raupp e é pai de três filhos. Além de A criança debaixo do guarda-chuva, escreveu O verde livro tosco, fruto de uma experimentação artística do Projeto Ant-Movimento Nova Ordem, fundado em parceria com escritores, artistas plásticos e músicos. Ao lado do músico Alex Pedreira compôs algumas canções. Sua verdadeira paixão são os livros, e escreve para enfrentar a vida desde pequeno.

Ficha técnica
A criança debaixo do guarda-chuva
Autor - Victor Viana
Editora - Ubook
Páginas - 68
Preço - R$ 29,90
Para mais informações ou comprar clique aqui

Postar um comentário

0 Comentários