O melhor pior dia dos namorados está na Suíte 2121



Ex-namorados vivem situação cômica no Dia dos Namorados em livro de Rachel Fernandes

Existem diversas formas e maneiras de comemorar o Dia dos Namorados, mas já pensou ficar trancado dentro de um quarto com seu ex-namorado justamente nesta data comemorativa? É com este enredo que “Suíte 2121”, obra da premiada Rachel Fernandes, ganhou o título de “O Melhor Pior Dia dos Namorados” em um concurso digital.

Na história, acompanhamos Lorena, camareira de um hotel de luxo, sendo movida pela curiosidade e espiando a suíte presidencial do estabelecimento para se maravilhar da incrível vista proporcionada pelo quarto. A ideia era espairecer a mente e finalizar o expediente, mas nem tudo saiu como esperado.

Lorena cometeu erros ao violar as normas do trabalho, e o primeiro dele foi ficar presa dentro da suíte 2121, já o segundo, foi encontrar Cícero, seu ex-namorado, algemado na cama do quarto. E para piorar, era Dia dos Namorados.

Em “Suíte 2121”, Rachel Fernandes aposta em um uma história que demonstra como o azar coletivo pode ser essencial para a comemoração de uma data “sem graça”. A autora foi vencedora do SweekStars na categoria Melhor Livro pela obra “457 Milhas” e também chama a atenção dos leitores com “Sobre Enfermeiras e Postais”, lançado do ano passado.

Sobre a autora

Foto - Divulgação

Rachel Fernandes é uma redatora publicitária que escreve livros entre um jingle e outro. Natural de Porto Alegre, escreve romances desde 2010 e acumula mais de 1 milhão de leituras no Wattpad e no Sweek. Venceu o prêmio Sweek Stars na categoria Melhor Livro com o romance “457 Milhas”, publicado pelo Grupo Editorial Coerência. Também é autora de “Sobre Enfermeiras e Postais” e “Suíte 2121”.

Sinopse

Na noite de Dia dos Namorados, a camareira Lorena decide dar uma espiadinha na vista magnífica da suíte presidencial do hotel onde trabalha, mas há um problema: a entrada na suíte 2121 é proibida a todos os funcionários, exceto à quase militar camareira-chefe, que troca os lençóis toda manhã para manter o alto padrão de qualidade do hotel Golden Rose.

Entretanto, Lorena não pretende demorar tanto assim. Seria apenas entrar, maravilhar-se com a vista antes de encerrar o expediente e voltar para casa, para a árdua tarefa de dizer à mãe que seu último namorado é carta fora do baralho.

Naquela noite fria de Dia dos Namorados, o primeiro problema de Lorena foi contrariar todas as regras do manual de conduta dos funcionários e invadir a suíte 2121 para admirar a vista. O segundo, foi encontrar Cícero, um ex-namorado que ela não via há seis anos, vendado e algemado à cama king size da mesma suíte. E como toda desgraça acontece em dose tripla, o terceiro problema de Lorena foi ficar presa com ele e descobrir que, talvez, isso fosse exatamente o que ela precisasse. Suíte 2121, novo conto da autora Rachel Fernandes, é uma história sensível sobre como nem o tempo é capaz de alterar alguns sentimentos.

Ficha técnica
Suíte 2121
Autora - Rachel Fernandes
Editora - Clube de Autores
Páginas - 96
Preço - R$ 5,99 (e-book) e R$ 30,60 (impresso)
Para mais informações ou comprar o e-book clique aqui e o livro impresso aqui

Postar um comentário

0 Comentários