Cia. Palhadiaço faz temporada online da peça 'Depósito' e série de oficinas grátis


Foto - Divulgação

A Cia. Palhadiaço - atuante no Itaim Paulista, Zona Leste de Sampa - apresenta, em junho, temporada do espetáculo 'Depósito' pelas redes sociais do grupo e de coletivos parceiros, além de uma série de oficinas, durante o mês de maio. Todas as atividades são online e gratuitas. O projeto foi viabilizado pelo VAI - Programa para a Valorização de Iniciativas Culturais da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo.

As oficinas serão ao vivo e transmitidas pelo Instagam (clique aqui), nos dias 13, 20, 25 e 26 de maio. São elas: Malabares com Matheus Barreto, Escrita de Projetos Culturais com Michele Araújo e Everton Santos, Palhaçada Musical - O que É Isso Afinal? com Kauan Scaldelai, e Bambolê: Circunferência das Formas com Priscyla Kariny.

As apresentações de 'Depósito', começam no dia 04 de junho, sexta, às 18h, pelo Facebook e YouTube da Cia. Palhadiaço, simultaneamente. As demais sessões serão transmitidas nos dias 05, 06, 12, 13, 19, 20 e 27 de junho, sábados e domingos, transmitidas pela página do Facebook um coletivo teatral parceiro, um a cada dia. Confira abaixo a programação completa:

Oficinas

Malabares

Foto - Divulgação

Com Matheus Barreto
Data - 13 de maio - quinta-feira
Horário - 10h
Duração - 1 hora
Grátis
Local - Instagram (clique aqui)
Classificação - a partir de 12 anos

A oficina aborda os aspectos técnicos e de criação dos malabares e manipulação de objetos. Conduzida pelo malabarista e integrante do grupo Palhadiaço, Matheus Barreto, a atividade visa construir uma base para treinos, aprimorando a performance malabarista, por meio das seguintes etapas:

  • Iniciação à prática - introdução ao básico dos malabares para início da arte
  • Desenvolvimento de técnica - numerologia, exercícios e primeiros truques
  • Aspectos avançados dos malabarismos - truques avançados, maior quantidade de objetos e contemporaneidade na vertente

Escrita de Projetos Culturais

Foto - Divulgação

Com Michele Araújo e Everton Santos
Data - 20 de maio - quinta-feira
Horário - 18h
Duração - 1 hora
Grátis
Local - Instagram (clique aqui)
Classificação - a partir de 16 anos

Muitos artistas e coletivos encaram muitas dificuldades para escrever um projeto cultural. Por onde começar? O que escrever? A escrita de um projeto não é uma tarefa fácil de ser executada, porém é necessária. Diante disso, Michele Araújo e Everton Santos, integrantes da Pião Produções Artísticas vão orientar sobre como pensar e direcionar um projeto, destacando os principais passos a serem seguidos e detalhando todas as fases que tornam uma proposta minimamente relevante socialmente, tomando por base a experiência de ambos no processo com o projeto da Cia. Palhadiaço.

Palhaçada Musical - O que É Isso Afinal?

Foto - Divulgação

Com Kauan Scaldelai
Data - 25 de maio - terça-feira
Horário - 10h
Duração - 1 hora
Grátis
Local - Instagram (clique aqui)
Classificação - livre

Segundo o ministrante Kauan Scaldelai, “esta é uma oficina teórica-palestrada-dialogada, voltada para curioses nas tantas possibilidades de encontro entre música e palhace, com o objetivo de pintar um quadro geral do que é - ou pode ser - palhaçada musical e motivar pesquisadores nessa encruzilhada”. Na atividade, ele explora o amplo universo da palhaçada musical, a partir de três temas:

  • Formações e repertórios de bandas de cabaré e cortejos de rua
  • Sonoplastia, claques musicais e intervenções sonoras
  • O jogo de palhace com os instrumentos e a música

Sobre cada tema há uma breve abordagem de aspectos históricos e sociais, ferramentas e exercícios de criação e análise destes elementos aplicados no espetáculo 'Depósito', da Cia Palhadiaço.

Bambolê: Circunferência das Formas

Foto - Divulgação

Com Priscyla Kariny
Data - 26 de maio - quarta-feira
Horário - 10h
Duração - 1 hora
Grátis
Local - Instagram (clique aqui)
Classificação - livre

Conduzida pela bambolista e integrante da Cia. Palhadiaço Priscyla Kariny, a oficina apresenta técnicas de movimentação por meio de mandalas com o bambolê. A mandala é uma representação geométrica que esboça simbolicamente a luta pela unidade total do eu, segundo a teoria junguiana. Mandala também é a palavra sânscrita para círculo. Assim como a dança com o bambolê, as mandalas fazem parte da cultura nativa americana conhecida como Native American HoopDance, na qual os dançarinos usam a técnica como método para contar histórias, criando formas simbólicas, incluindo borboletas, tartarugas, águias, flores e cobras. O encontro inclui um alongamento, figuras com até seis bambolês e sequências de mandalas, onde os movimentos se completam dando novas possibilidades de figuras. “A oficina trabalha a coordenação motora, a flexibilidade e a meditação ativa, tecendo vivências e refletindo sobre como tudo está conectado: as mudanças, as transições, tudo está ligado como em um círculo”, comenta a artista.

Apresentação da peça 'Depósito'

O enredo de 'Depósito' se passa em um tempo no qual a arte se tornou um vírus e a pessoas infectadas, de nariz vermelho, são isoladas em um depósito de artistas. Com criação coletiva, dramaturgia de Matheus Barreto e direção de Rani Guerra, o espetáculo investiga a “palhaçaria periférica”, que cria diálogos com a cidade, suas periferias, seus artistas e suas excelências artísticas subversivas e resistentes.

O texto surgiu de uma pesquisa pelas ruas do Itaim Paulista (região de atuação do grupo) na qual, imersos em improvisos, jogos e entrevistas, questionaram os habitantes sobre como seria para eles se a arte fosse uma expressão proibida.

Foto - Divulgação/Recicla Filmes

No espetáculo, o vírus da arte causa uma doença com muitos sintomas e, em quadros mais graves, o paciente fica com o nariz vermelho. Um estado totalmente desarticulado é instituído com medidas severas para aniquilar a existência artística: depósitos são construídos para isolar os infectados/artistas.

Os palhaços - vividos por Kauan Scaldelai, Matheus Barreto, Priscyla Kariny, William Santana e Rogério Nascimento - são os últimos artistas restantes no Itaim Paulista, e são confinados. O nascimento de uma criança com o nariz vermelho acelera a necessidade de erradicar a síndrome. Ativistas protestam. E a poção de cura é adulterada pela criança com sua própria fralda. Quando ingerida pelos palhaços, o efeito é invertido, provocando uma epifania artística.

'Depósito' é um espetáculo lúdico-musical-reflexivo sobre identidade cultural, arte e relações de autoridade. A música desempenha papel fundamental com paródias, releituras e composições originais, entre as quais um rap, que traz uma hilária batalha de palhaços.

Ficha técnica
Depósito
Criação - A Companhia
Texto - Matheus Barreto
Direção - Rani Guerra
Elenco - Kauan Scaldelai, Matheus Barreto, Priscyla Kariny, William Santana e Rogério Nascimento
Técnico de Som - William Santana
Direção Musical - Joel Carozzi
Figurino - Eliana Carvalho, Paola Carvalho e Diego Felipe
Cenografia - A Companhia
Arte Gráfica - Renan Preto
Fotos e Vídeo - Recicla Filmes
Produção Executiva - Pião Produções Artísticas
Assistência de Produção - Priscyla Kariny e Rogério Nascimento
Assessoria de Imprensa - Verbena Comunicação
Idealização - Cia. Palhadiaço

Foto - Divulgação

Serviço
Depósito
Duração - 60 minutos
Grátis
Classificação - livre

Data | Horário | Local

Data - 04 de junho - sexta-feira
Horário - 18h
Local - Facebook aqui e YouTube aqui

Data - 05 de junho - sábado
Horário - 15h
Local - Facebook aquiYouTube aqui e Facebook do Fragmento Urbano Dança aqui

Data - 06 de junho - domingo
Horário - 15h
Local - Facebook aquiYouTube aqui Facebook do Coletivo Estopô Balaio aqui

Data - 12 de junho - sábado
Horário - 15h
Local - Facebook aquiYouTube aqui e Facebook do São Mateus em Movimento aqui

Data - 13 de junho - domingo
Horário - 15h
Local - Facebook aquiYouTube aqui Facebook do O Buraco d'Oráculo aqui

Data - 19 de junho - sábado
Horário - 15h
Local - Facebook aquiYouTube aqui Facebook Circo Teatro Palombar aqui

Data - 20 de junho - domingo
Horário - 15h
Local - Facebook aquiYouTube aqui Facebook do Grupo Rosas Periféricas aqui

Data - 27 de junho - domingo
Horário - 15h
Local - Facebook aquiYouTube aqui Facebook da Pião Produções Artísticas aqui

Postar um comentário

0 Comentários