Primeiro Festival Brasileiro de Cinema Cômico apresenta seis dias de programação gratuita


Frame de 'Ela que mora no andar de cima', de Amarildo Martins

Produções de 11 estados reúnem talentos como Bruna Linzmeyer, Cacau Protásio, Elisa Lucinda, Marcélia Cartaxo, Vinicius de Oliveira. Programação inclui também a nova série e quatro longas da cineasta Betse de Paula, a homenageada do festival, incluindo bate-papo com ela, Dira Paes e Sílvia Buarque

O Festival Brasileiro de Cinema Cômico é o primeiro na história do país a premiar os melhores curtas-metragens e artistas de humor, gênero ainda pouco reconhecido pelos críticos e mostras. A ideia do evento é valorizar a diversidade e a qualidade da comédia feita no Brasil com seus subgêneros, sátira, comédia romântica, de costumes, paródia, pastelão, terrir.

A edição será feita inteiramente online, pelo YouTube, de 06 a 11 de abril (terça a domingo), reunindo 32 curtas-metragens. Entram no programa também quatro longas da cineasta homenageada, Betse de Paula, incluindo os cinco episódios da sua nova série 'O Síndico'.

O projeto é uma realização da Ritornelo Produções, com o patrocínio do Governo Federal, Governo do Estado do Rio de Janeiro e Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro, através da Lei Aldir Blanc.

Dira Paes. Foto - Divulgção

A programação do Festival prevê quatro mostras. Na Mostra Competitiva, os filmes serão avaliados por um júri especializado e concorrerão ao Troféu Abacaxi, confeccionado exclusivamente para o evento. A Mostra Fluminense trará curtas realizados no estado do Rio de Janeiro. A Mostra Xófem, infanto-juvenil, terá duas sessões, uma livre e outra com classificação etária de 10 anos.

Já a Mostra Homenagem fará uma retrospectiva da obra da cineasta carioca Betse de Paula. Com exceção da Mostra Homenagem, os filmes em cartaz foram escolhidos por meio de convocatória gratuita, realizada no início do ano. Segundo os curadores, chamou a atenção a diversidade e qualidade das produções.

“Há muitas comédias de teor político. Ficamos também surpresos com a quantidade de mocumentários, falsos documentários, um gênero ainda sem tradição no cinema brasileiro”, contou Flavia Candida, uma das curadoras.

Cena de 'Vendo ou Alugo', direção Betse de Paula

“Outro destaque é a incorporação da linguagem de internet e de memes nos filmes. Muitos curtas foram realizados durante a pandemia, abordando temas como distanciamento social, negacionismo, mas de uma forma inusitada, leve e criativa. Há também muitos filmes dirigidos por mulheres e pessoas LGBTQIA+, trazendo um frescor para o campo da comédia brasileira, que possui uma tradição muitas vezes machista e preconceituosa”, completa Vitor Medeiros, diretor, produtor e curador.

No elenco dos filmes do festival, há tantos nomes conhecidos, como Ana Clara Lima, Ana Paula Arósio, Bernardo Mesquita, Dira Paes, Fernando Vieira, Marcos Palmeira, Marieta Severo, Nathália Timberg, Shirley Cruz, Sílvia Buarque, como talentos ainda desconhecidos do grande público. Assista no vídeo um pouco do que vai acontecer no Festival, e em breve divulgaremos a programação completa.


Confira abaixo a comissão julgadora do Festival:

Carolina Amaral - pesquisadora
Coletivo Saquinho de Lixo
Ginho Fialho (ou Regine de Mônaco)
Jocimar Dias Jr. - pesquisador
Nathalia Cruz - atriz e roteirista do Porta dos Fundos

Ficha técnica
Primeiro Festival Brasileiro de Cinema Cômico
Direção, Produção e Curadoria - Vitor Medeiros
Curadoria e Produção - Isabel Veiga
Curadoria - Flavia Candida
Curadoria - Alice Bomtempo
Homenageada do Festival - Betse de Paula
Identidade Visual e Designer - Gianna Larocca
Artista Plástico - Felipe Ferreira de Almeida
Comunicação e Assessoria de Produção - Caio Casagrande 

Serviço
Primeiro Festival Brasileiro de Cinema Cômico
Período - de 06 a 11 de abril
Horário - conforme programação
Local - YouTube aqui
Classificação - conforme programação
Grátis
Para mais informações clique aqui

Postar um comentário

0 Comentários