Musical infantil 'Operilda na Orquestra Amazônica Online' faz curta temporada grátis


Operilda. Foto - Joao Caldas Filho

Musical infantil, ganhador em São Paulo dos prêmios APCA e FEMSA, conta a história da música erudita brasileira para crianças

Sucesso de crítica e público, o musical infantil 'Operilda na Orquestra Amazônica Online' conta de maneira lúdica e com muito bom humor a história da música erudita brasileira. Tocando ao vivo, os músicos interagem com a personagem para mostrar que a música erudita é uma arte acessível a todos.

O premiado espetáculo (gravado) faz temporada online grátis entre os dias 16 e 25 de abril, às sextas-feiras e aos sábados e domingos, pelo YouTube aqui com retransmissão pelo Facebook aqui. Após cada sessão, tem bate-papo com o público pela plataforma Zoom.

As seis transmissões do espetáculo foram viabilizadas por meio da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc (Lei 14.017/2020 do Governo Federal), através do ProAC LAB (Programa de Ação Cultural Lei Aldir Blanc) do Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa.

Com direção geral de Regina Galdino e direção musical do maestro Miguel Briamonte, o musical conta a história de Operilda, interpretada pela atriz e autora Andréa Bassitt. Ela é uma bruxinha engraçada e apaixonada pelo Brasil que tem uma missão: contar a história da música erudita brasileira para as crianças em apenas uma hora.

Operilda. Foto - Joao Caldas Filho

Se conseguir, vai ganhar uma orquestra completa só para ela. Para isso, sua tia Opereta lhe dá uma camerata de seis músicos eruditos e um livro mágico, o Livrildo, que a ajuda na tarefa. Ao longo do espetáculo, Operilda passeia por diferentes ritmos musicais, estilos e compositores para cumprir sua missão, divertindo e conquistando a simpatia das crianças e dos adultos.

Em cena, Andréa Bassitt se apresenta ao lado dos músicos Elaine Giacomelli (piano), Willians Marques (percussão), Clara Bastos (contrabaixo), Paula Souza Lima (violino), Joca Araújo (clarinete e flauta) e Evandro Bezerra (trombone).

O repertório traz composições de autores que fazem parte da história da música erudita brasileira, como Alberto Nepomuceno, Padre José Maurício, Carlos Gomes, Villa-Lobos, Camargo Guarnieri e Guerra-Peixe, e da música popular, como Ernesto Nazareth, Chiquinha Gonzaga, Xisto Bahia e Tom Jobim, além de canções de origens folclórica, africana e indígena brasileira. Já o cenário, assinado por Marco Lima, traz referências à Floresta Amazônica com resoluções lúdicas e encantadoras.

Operilda. Foto - Joao Caldas Filho

'Operilda na Orquestra Amazônica' já realizou mais de 220 apresentações presenciais nas regiões sul, sudeste, centro-oestre e nordeste, sendo assistido por mais de 50 mil espectadores. Foi vencedor, em 2013, dos Prêmios APCA (Associação Paulista dos Críticos de Arte), como Melhor Musical Infantil, e FEMSA, na Categoria Especial pela divulgação da música erudita e folclórica.

Ficha técnica
Operilda na Orquestra Amazônica Online
Autora, Atriz e Diretora de Produção - Andréa Bassitt
Diretora e Produtora Executiva - Regina Galdino
Diretor Musical - Miguel Briamonte
Músicos - Elaine Giacomelli (piano), Willians Marques (percussão), Clara Bastos (contrabaixo), Paula Souza Lima (violão), Joca Araújo (clarinete e flauta) e Evandro Bezerra (trombone)
Iluminador e Técnico de Luz - Newton Saiki
Cenário e Adereços - Marco Lima
Técnico de Som e Mixagem de Áudio - Guilherme Ramos
Técnico de Palco - Márcio Lima
Montador de Luz - Ari Nagô
Cinegrafista e Editor de Vídeo - Paulo Arizati
Fotos - João Caldas Filho
Assessoria de Imprensa - Verbena Comunicação
Produção - Oasis Empreendimentos Artísticos
Realização - Ministério do Turismo, Secretaria Especial da Cultura, Lei Aldir Blanc e Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa
Local de Gravação - Teatro FAAP - fevereiro de 2021

Operilda. Foto - Joao Caldas Filho

Serviço

Operilda na Orquestra Amazônica Online
Temporada - de 16 a 25 de abril
Horários - às 09h30 sextas, e às 16h sábados e domingos
Duração - 1 hora
Canais de transmissão - Facebook aqui e YouTube aqui
Grátis
Classificação - a partir de 5 anos.

Bate-papo com o público
Local - plataforma Zoom
Horário - sextas às 10h30 e sábados e domingos às 17h

Postar um comentário

0 Comentários