Últimos dias de apresentações online da peça 'SÓS: Ao cair de mim, morrerei vivendo'


Foto - Divulgação

Projeto contemplado pela Lei Aldir Blanc e criado em linguagem de teatro online segue com apresentações ao vivo até dia 31 de março

Espetáculo 'SÓS: Ao cair de mim, morrerei vivendo', da Cia. Queda Livre, foi concebido em linguagem de teatro online, contemplado pelo Edital ProAc Expresso Lei Aldir Blanc 36/2020 “Produção e temporada de espetáculo de teatro com apresentação online”.

Com duração de 60 minutos, 'SÓS' leva o espectador a uma experiência intrigante em que três personagens se encontram presos em uma sala de videoconferência, não podendo sair dela e nem de suas casas, como que em um sequestro virtual.

As personagens não têm nome, são chamados por números - 0506, 1103, 1310, 1511 -, e só conseguem se comunicar uns com os outros. Porém, existe um quarto elemento em cena, a Caos, que é a própria escritora dessa história. De uma maneira nada agradável e nada confortável, ela questiona e provoca esses personagens, até que eles não conseguem mais sustentar uma imagem que construíram de si mesmas.

“Apesar da estratégia duvidosa (rs), proponho uma espécie de jogo esteticamente absurdo e surreal para que as personagens busquem uma mudança verdadeira em si mesmas. Só assim será possível uma mudança maior: coletiva. É muito fácil criticar o mundo a nossa volta, difícil é olhar pra si, para as nossas próprias falhas. Tudo tem uma falha e é por aí que a luz entra”, destaca Beatriz Belintani autora e diretora de SÓS.

O espetáculo é apresentado pela Cia. Queda Livre, com concepção, direção e dramaturgia de Beatriz Belintani, que também integra o elenco junto a Lilian Alves (1103), Oliver Olívia (0605) e Rodrigo Odone (1310). O projeto também tem orientação de Fabiana Monsalú (direção e dramaturgia) e Gilvan Balbino (dramaturgia).

As apresentações serão transmitidas ao vivo durante até 31 de março. Para adquirir o ingresso, basta entrar na plataforma Sympla (clique aqui) e retirar o ingresso consciente, em que o público pode decidir quanto quer pagar, de R$ 0,00, R$ 10,00, R$ 20,00 ou R$ 30,00.


Ficha técnica
SÓS: Ao cair de mim, morrerei vivendo
Concepção, Direção e Dramaturgia - Beatriz Belintani
Elenco - Beatriz Belintani, Lilian Alves, Oliver Olívia, Rodrigo Odone
Orientação de Direção e Atuação - Fabiana Monsalú
Orientação de Dramaturgia - Gilvan Balbino
Direção de Arte - Italo Iago
Criação de Luz - Maristella Pinheiro
Dramaturgia Sonora: Camila Couto
Câmeras - André Garavatti, Bruno Fragma, João Victor Camargo, Nathália Gonçalves
Operação de Som - Camila Couto
Streaming - Sol Faganello

Serviço
SÓS: Ao cair de mim, morrerei vivendo
Temporada - até 31 de março - quartas, sábados e domingos
Horário - 21h
Duração - 60 minutos
Ingresso consciente paga quanto puder - gratuito, R$ 10,00 ou R$ 20,00 ou R$ 30,00 aqui
Transmissão ao vivo

Postar um comentário

0 Comentários