Últimos dias da temporada online da peça 'Onde Está a Leveza?'


 Da esquerda para à direita: Carol Andrade, Gabs Ambrozia e Carol Kern. Foto - Bianca Moreno

Espetáculo do grupo gaúcho Teatro Geográfico, fica em cartaz ao vivo e online até o dia 24 de março. 
Apresentações acontecem diretamente da casa das atrizes que se transformaram em teatro, camarim e plateia

Livremente inspirado na obra 'A insustentável leveza do ser', de Milan Kundera, o espetáculo online 'Onde está a leveza?', que faz curta temporada ao vivo e online de até o dia 24 de março é o primeiro projeto que traz em sua linha de frente somente mulheres da companhia Teatro Geográfico: a diretora Tatiana Vinhais, as atrizes Carol Kern, Carol Andrade e Gabs Ambrozia, a figurinista Isadora Fantin e a produtora Luísa Barros.

Tendo como questão provocadora o fazer teatral nestes tempos pandêmicos, a questão do peso e da leveza que o livro propõe, a escolha de contar a história de uma só personagem, 'Onde está a leveza?' questiona o ponto de vista do autor, sobretudo a relação do casal tema do livro Teresa e Tomas e todas as complexidades colocadas dessa vivência, interrogam os papéis de gênero que Kundera atribui às personagens - tanto ao homem, Tomas, quanto à mulher, Teresa -, para recontar essa história.

Sendo o elenco inteiramente formado por mulheres, a aproximação com a personagem Teresa cria um caminho de pesquisa que dialoga com pensamentos contemporâneos e com a realidade atual do Brasil e do mundo. Entendendo que a tecnologia e a internet são as nossas novas ferramentas e únicas possibilidades de comunicação, o grupo investe nessa nova linguagem apresentada trazendo o universo das “lives” para a cena.

O Teatro Geográfico vem desenvolvendo nos últimos 10 anos uma pesquisa que se destaca pela ocupação de espaços além da caixa preta para o fazer teatral. Os territórios utilizados criam uma dramaturgia que dialoga com o lugar inserindo fatos, imagens e curiosidades.

'Onde está a leveza?' explora - de forma online - os locais e ambientes onde vivem as atrizes do espetáculo na cidade de São Paulo, proporcionando ao espectador uma experiência teatral única ao fundir geografia, arquitetura e linguagem videográfica por intermédio deste espetáculo pandêmico digital.

“Enquanto mulheres, pautamos em nossa pesquisa cênica os nossos pontos de vista que, devido às divergências entre nós e o autor, se tensionam em vários momentos da história trazendo a atualidade para cena. Num primeiro momento, fazemos coro ao autor, construindo a narrativa de Tomas: um homem bem-sucedido, livre, mulherengo. A partir desse ponto, passamos a falar da sua esposa, a personagem Teresa, que é colocada pelo autor nesse exato lugar: o de esposa, submissa, apaixonada, romântica, dependente. Depois disso, passamos a subverter e deslocar esses apontamentos, ao contar a história da vida dessa mulher”, comenta a diretora Tatiana Vinhais

Sinopse

Foto - Bianca Moreno

'Onde está a leveza?' traça um arco poético de reflexões sobre o papel da mulher na sociedade de 2020 a partir do livro 'A insustentável leveza do ser', de Milan Kundera, escrito na década de 80 e ambientado em Praga no final da década de 60 após a invasão da União Soviética, em 1968. Teresa é uma mulher comum que ao conhecer Tomas - o possível amor da sua vida - experimenta as mais mórbidas sensações sendo atormentada por sonhos, que revelam não só as traições de seu marido, como a sua inconciliável dualidade entre o corpo e a alma. Em busca da leveza, a protagonista vive o tempo da Primavera de Praga, enfrentando momentos de beleza e terror. Seu passado com a mãe é revelado alimentando assim o caminho de seus traumas. Encenada unicamente por mulheres, a figura de Teresa traz à cena perspectivas contemporâneas dos fatos questionando suas escolhas da história original.

Ficha técnica
Onde Está a Leveza?
Direção: Tatiana Vinhais
Dramaturgia - Tatiana Vinhais, Carol Andrade, Carol Kern e Gabs Ambròzia, inspiradas em 'A Insustentável leveza do ser, de Milan Kundera
Elenco - Carol Andrade, Carol Kern e Gabs Ambrozia
Figurinos - Isadora Fantin
Locuções - Carol Andrade e Emílio Farias
Fotos - Bianca Moreno
Design Gráfico - Matheus Mendes
Assessoria de Imprensa - Adriana Monteiro | Ofício das Letras
Direção de Produção - Luísa Barros
Realização - Teatro Geográfico

Serviço
Onde Está a Leveza?
Temporada - até 24 de março - segundas, terças e quartas
Horário - 20h
Duração - 50 minutos
Local - canal do YouTube do Teatro Geográfico aqui
Grátis
Classificação - não recomendado para menores de 16 anos

Postar um comentário

0 Comentários