Inteligência militar para dentro dos thrillers literários nacionais



Vivianne Geber, militar da Marinha do Brasil e autora de missão Pré-Sal 2025, lança thriller de espionagem sobre os bastidores de uma rede internacional que envolve o tráfico sexual de crianças em Belém

A militar Vivianne Geber passou boa parte da vida envolvida com recursos e petições na carreira jurídica. Foi na literatura que ela criou um mundo imaginário sob um pano de fundo real para compartilhar sua experiência nos mais de 20 anos de Forças Armadas do Brasil.

'Missão Terra Firme', segundo thriller de espionagem da autora membro da Associação Brasileira de Escritores de Romance Policial, Suspense e Terror (ABERST), apresenta a história de Rodolfo Ruppel. De volta ao Brasil após uma missão dolorosa e traumatizante em Londres, o protagonista é enviado à Frankfurt, do dia para a noite.

Em meio a luta judicial pela guarda do filho e aos traumas da última missão, o oficial Ruppel segue até a Alemanha para desvendar os bastidores de uma rede de espionagem industrial. O quebra-cabeça alcança o tráfico sexual de crianças e adolescentes em Belém, no Pará, outro ponto central da obra.

“Para dar as boas novas a Ruppel, escolheu a Hammerklavier, a 2ª sonata de Beethoven, considerada uma das obras mais importantes do terceiro período do compositor e uma das grandes sonatas para piano. Visualizou Victoria, em um de seus encontros em Frankfurt, enquanto as duas matavam uma garrafa de vinho e Geórgia a recrutava como agente, dizendo-lhe que essa foi a peça mais desafiadora entre todas que tocara. Com a mão no peito, respirou fundo várias vezes na tentativa de dissipar a sensação de que tinha algo errado”, 'Missão Terra Firme', pág. 186.

'Missão Terra Firme' é um livro de espionagem que mistura fatos reais com ficcionais, agentes secretos e atividades clandestinas, com o diferencial e a credibilidade da experiência de Vivianne. Com instruções criptografadas ao som das sinfonias de Beethoven, o protagonista lutará contra o tempo: quando a verdade começa a emergir, ele não sabe se já é tarde demais.

Sobre a autora

Foto - Divulgação

Vivianne Geber é militar e presta assessoria jurídica à Marinha do Brasil há mais de vinte anos. Quando morou em Londres, escreveu Missão 'Pré-Sal 2025', publicado pela Editora Record em 2015, seu primeiro thriller de espionagem. Participou de eventos literários importantes, como Crimes Tropicais, que reuniu escritores de terror, suspense e policial no Rio de Janeiro, e o Bate-papo com o Autor, na Biblioteca da Marinha. A autora também assina um blog em que trata de assuntos militares com uma linguagem mais próxima do público civil. Além disso, é membro da ABERST - Associação Brasileira de Escritores de Romance Policial, Suspense e Terror. Em 2020, seu conto de espionagem 'Vida Secreta - Entre Missões' foi finalista do III prêmio ABERST de literatura, aberto a a todos os escritores nacionais dos gêneros, na categoria Narrativa Curta de Suspense. 'Missão Terra Firme' é seu segundo romance.

Sinopse

Rodolfo Ruppel, oficial da Marinha brasileira, ainda nem cicatrizara as marcas deixadas pelo desfecho de sua missão em Londres, quando é enviado à moderna Frankfurt, na Alemanha. Em meio a dificuldades particulares - a luta judicial pela guarda de seu filho - ele terá que desvendar os bastidores de uma rede de espionagem industrial. O quebra cabeça, além de envolver o projeto do submarino brasileiro, alcança o tráfico sexual de crianças e adolescentes em Belém, no Pará, e tem Emma como peça capital, uma mulher tatuada com duas cobras no formato do símbolo do infinito. Com instruções criptografadas ao som das sinfonias de Beethoven, Ruppel luta contra o tempo: quando a verdade começar a emergir, poderá ser tarde demais.

Ficha técnica
Missão Terra Firme
Autora - Vivianne Geber
Editora - Lendari
Páginas - 256
Preço - R$ 11,61 (e-book)
Para mais informações e comprar clique aqui

Leia também:
Dica: conheça cinco livros com diferentes histórias de suspense e mistério

Postar um comentário

0 Comentários