Mulheres na literatura: por um lugar ao sol

A escritora curitibana Izabella de Macedo. Foto - Divulgação

Conheça cinco representantes da nova geração de escritoras brasileiras

No próximo sábado, dia 25 de julho, comemora-se o Dia do Escritor. Uma data oportuna para discutir a participação das mulheres na literatura. Afinal, a maioria dos livros considerados clássicos são de autoria masculina. Porém, nunca é demais lembrar, nomes como Cora Coralina, Raquel de Queiroz, Clarice Lispector e Cecília Meireles que engrandecem a literatura brasileira, reconhecida mundialmente.

Além de constituírem a maioria da população brasileira, as mulheres também formam o maior público consumidor de livros no país. Nesse cenário, emergem não só leitoras, mas escritoras em todas regiões, apresentando belas obras de ficção, não-ficção, poesias e crônicas.

Apresentamos abaixo cinco expoentes da nova geração da literatura, para mostrar que as mulheres escrevem, e escrevem muito bem. Confira:

Izabella de Macedo

Foto - Divulgação

A escritora curitibana estreou oficialmente com o lançamento 'Mulheres Normais', em 2020. Este é o primeiro de um desafio pessoal de lançar um livro de crônicas por ano. E não falta incentivo. Além do maridão, as seguidoras da Izabella no Instagram foram determinantes para tornar as publicações nas redes sociais uma obra literária. Com sua escrita leve e divertida, essa mediadora de conflitos por formação transforma fatos decepcionantes na vida real em histórias bem humoradas na ficção.

Saiba mais em:

Karina Manasseh

Foto - Divulgação

A escrita sempre foi uma paixão e um refúgio, mas seus textos eram guardados a sete chaves. Até que um dia esse ímpeto foi maior e ela escreveu um romance. Assim, a jornalista paulistana deu vida ao livro 'Entre Cabul e a dança das borboletas', lançado em 2019. Uma história de entregas e expectativas, idas e vindas de um casal que vive uma paixão em encontros fortuitos pelo mundo. A inspiração de Karina? Viagens que fez a lazer e a trabalho, incluindo Washington, onde mora atualmente.

Leia também:

Becca Mackenzie

Foto - Divulgação

E o que dizer das jovens escritoras? Elas não deixam por menos! O lançamento da Becca Mackenzie, 'Se pudesse contar as estrelas', atingiu a marca de mais de 900 mil leituras no Wattpad, a plataforma gratuita de leitura e compartilhamento de livros. A obra, que conta a história de um menino de 09 anos que acorda sem memória, foi eleita pelos embaixadores do aplicativo uma das melhores de 2019. Com o feito essa escritora de fantasia nascida em Brasília e formada em Administração tornou-se a primeira brasileira no seleto programa Wattpad Stars.

Andréa Marques

Foto - Divulgação

Entre as escritoras contemporâneas, a literatura hot também ganha espaço. 'Garoto de Programa' é o último livro da paulistana Andréa Marques, que adiciona elementos sensuais nessa trama que trata de liberdade, acolhimento e empoderamento feminino. Com este já são cinco títulos, praticamente um lançamento por ano, depois que ela deixou de lado a profissão de terapeuta ocupacional para se dedicar exclusivamente as suas duas maiores paixões: os filhos e a literatura.

Leia também:

Anne Valerry

Foto - Divulgação

A arte sempre esteve presente na vida desta escritora, que foi bailarina, coreógrafa e professora de dança. Mas a paixão pelos livros a fez seguir a carreira na área de Letras. Foi assim que Anne decidiu conciliar as aulas como professora de Português e Espanhol com a escrita, que trouxe alento em um momento difícil, com a perda do pai e de um irmão. A primeira obra veio em 2018 e, nas próximas semanas, é publicado o segundo livro desta escritora que retrata paixões tórridas: 'A Dama das Lavandas'.

Postar um comentário

0 Comentários