Curta-metragem 'Homem-Ilha' estreia no Youtube e abre votação popular


Produzido pela Recicla Filmes durante a quarentena, o curta-metragem conta a história de um jovem em isolamento que perde sua conexão com a internet e é obrigado a se reinventar. O curta é um dos selecionados para participar de uma votação popular que vai até 30 de julho. Homem-Ilha concorre a vaga no 31º Festival Internacional de Curtas-Metragens de São Paulo

Até o dia 30 de julho, o curta-metragem 'Homem-Ilha', da produtora independente Recicla Filmes, estará disponível no canal do Youtube do Instituto Criar de TV, Cinema e Novas Mídias, junto com outros curtas finalizados do projeto Curta Em Casa.

Os dez curtas metragens com a maior quantidade de "gostei/like" no vídeo serão considerados vencedores e além da exibição no 31º Festival Internacional de Curtas-Metragens de São Paulo, terão direito a Finalização do Curta em HD, legendagem em inglês, exibição na plataforma Spcine Play e mentoria para aprimoramento do curta com um talento da Rede Paradiso.


Homem-Ilha reflete sobre o nosso comportamento diante do uso excessivo de telas neste período de privação ao abordar a história de Manuel, um jovem em isolamento que de repente percebe que sua conexão com a internet foi interrompida. Ele se vê ilhado do mundo virtual, sendo obrigado a reinventar sua rotina e encarar seus desprazeres, buscando um novo lugar para pertencer.

O filme que tem produção da Recicla Filmes e direção de Weslley Nascimento, foi gravado e produzido na íntegra na casa do diretor durante o período de distanciamento social em razão da pandemia da Covid-19. O curta contou com recursos do Projeto Curta Em Casa, uma realização do Instituto Criar de TV, Cinema e Novas Mídias em parceria com o Projeto Paradiso e com patrocínio da Spcine.


Sobre a produtora
Comandada por Bruna Vilaça e Weslley Nascimento, a Recicla Filmes é uma produtora independente de áudio e vídeo com foco no desenvolvimento de projetos e produção de obras audiovisuais. Possui em seu repertório a produção de curtas como “Poderia amar-te, mas não te conheço” e “Homem-ilha”, além de desenvolvimento de roteiros e registros de espetáculos teatrais de importantes companhias como Trupe DuNavô, Grupo Esparrama, Cia Paulicea de Teatro, Companhia do Miolo, Manifesta Arte em Rede, Companhia dos Solilóquios, entre outros.

Atualmente, produz o documentário “É mesmo uma palhaçada - Os 10 anos da Trupe DuNavô”, com estreia prevista para o segundo semestre de 2020, marcando as comemorações dos dez anos do grupo. Para saber mais sobre a produtora clique aqui.

Assista abaixo o curta Homem-Ilha e vote! A votação vai até o dia 30 de julho, e o  comunicado oficial dos dez selecionados será feito no site e nas redes sociais do Instituto Criar de TV, Cinema e Novas Mídias.


Sinopse
O que faz um jovem em isolamento ao perceber que sua conexão com a internet foi interrompida? Quando a aparelhagem que disponibiliza internet em sua casa entra em curto circuito, Manuel se dá conta de que agora está totalmente ilhado do mundo virtual. Sem possibilidades de acesso às redes e mídias sociais, ele já não consegue falar diariamente com seus amigos e as possibilidades de entretenimento as quais estava acostumado se esgotam. Será preciso reinventar sua rotina e encarar seus desprazeres para encontrar um novo lugar para pertencer.


Ficha técnica
Roteiro, direção, fotografia e montagem - Weslley Nascimento
Supervisão de roteiro e direção de arte - Bruna Vilaça
Elenco - Marcus Vinícius, Bruna Vilaça e Jean Salustiano
Assistente de fotografia e Assistente de Produção - Jean Salustiano
Trilha sonora - Kauan Scaldelai
Cinegrafia - Bruna Vilaça, Jean Salustiano e Weslley Nascimento
Assessoria de Imprensa - Luciana Gandelini
Produção - Recicla Filmes
Coprodução - Unité Produções

Postar um comentário

0 Comentários