MUBI e 02 Play fecham parceria para exibição de filmes


Parceria tem início com a exibição do documentário sobre a ativista trans 'Indianara'

A plataforma de curadoria e streaming de filmes MUBI firmou sua primeira parceria com a distribuidora O2 Play, para exibição do documentário 'Indianara', que retrata a ativista transgênero Indianara Siqueira, criadora da casa Nem, abrigo para pessoas LGBTIs em situação de vulnerabilidade, no Rio de Janeiro. Dirigido pela francesa Aude Chevalier-Beaumel e pelo brasileiro Marcelo Barbosa, Indianara estará disponível aos assinantes da MUBI, no Brasil e em mais 194 países, por 30 dias a partir de 05 de julho.

“A O2 Play é um dos principais players do mercado brasileiro, e esta parceria marca o início de um relacionamento que pode render frutos valiosos para o cinema nacional. Indianara chegará aos assinantes da MUBI em 195 países; é uma visibilidade muito rica para um filme que aborda questões sociais e políticas atuais e importantes”, afirma Juliana Barbieri, general manager da MUBI no Brasil.


As parcerias integram uma das estratégias da MUBI no país para dar mais visibilidade a filmes nacionais e internacionais. Assim foi feito recentemente com o Museu da Imagem do Som - MIS-SP e o Olhar de Cinema - Festival Internacional de Curitiba.

“A Mubi é uma plataforma global, inteligente e com filmes instigantes. É um prazer começar uma relação mais próxima lançando um filme tão impactante quanto Indianara”, diz Igor Kupstas, diretor da O2 Play.

A MUBI pode ser acessada via web, Amazon Fire TV, Apple TV, LG e Samsung Smart TVs e também nos dispositivos móveis Apple e Android. Para saber mais sobre a plataforma clique aqui.

Sobre o documentário


Com 84 minutos de duração, 'Indianara' faz um retrato da ativista considerada um ícone da causa transexual. Indianara Siqueira tem 49 anos, é vegana, anticapitalista e milita há mais de duas décadas em defesa da visibilidade e cidadania trans, de todas as mulheres e pessoas LGBTIs. Após a perda da companheira de luta Marielle Franco, ela busca forças para continuar na resistência.


Sobre os diretores

Aude Chevalier-Beaumel nasceu na França em 1982 e é formada na Escola de Belas Artes de Montpellier. Mora no Brasil há 15 anos onde realiza seus filmes. Seus últimos documentários, “Rio Ano Zero” (2013) e “Sexo, Pregações e Política” (2016) circularam em festivais e canais internacionais.

Marcelo Barbosa nasceu em 1970 em Guaratinguetá e estudou Comunicação na Universidade de Brasília. É fotógrafo e diretor de filmes experimentais. O filme Indianara é seu primeiro longa metragem.

Confira o trailer de Indianara:


Ficha técnica
Direção, imagem e som - Aude Chevalier-Beaumel e Marcelo Barbosa
Roteiro - Aude Chevalier-Beaumel, Marcelo Barbosa, Michele Frantz
Montagem - Quentin Delaroche
Música Original - Malka Julieta, Nicolau Domingues e Lucas Porto
Produção Executiva - Aude Chevalier-Beaumel, Marcelo Barbosa e Ana Lima
Produção - Santaluz
Distribuição digital - O2 Play

Leia também:
MUBI faz retrospectiva Godard e série especial dedicada ao cinema brasileiro contemporâneo

Postar um comentário

0 Comentários