Ao sol e à sombra das emoções de um Brasil em revolução


Em meio a relatos históricos e políticos de um país no século XX, obra do escritor mineiro Aliel Paione conta a história de João Antunes, um homem divido entre dois amores

Depois do sucesso de 'Sol e Sonhos em Copacabana', primeiro livro da Trilogia do Sol, o autor mineiro Aliel Paione lança 'Sol e Sombras'. Neste segundo volume da série, conhecidos personagens dos leitores voltam à narrativa de Aliel: Verônica e Henriette, mãe e filha, dividem agora o amor de João Antunes, personagem principal da história.

Publicado pela Editora Pandorga, o romance ganha uma carga dramática intensa com a dualidade psicológica dos protagonistas - ao sol e à sombra das emoções - e com os relatos políticos e históricos vividos no Brasil no início do século XX.

João Antunes da Silveira Savelli é um jovem gaúcho, filho de imigrantes açorianos que vieram tentar a vida no Rio Grande do Sul (RS). Com o objetivo de enriquecer, parte para Cavalcante, Goiás (GO), onde seu amor é disputado por Verônica e Henriette, filha e mãe apaixonadas pelo mesmo homem.

Com um temperamento sensível e conflitoso, o protagonista se sente perdido entre dois amores que satisfazem momentaneamente suas emoções. Quem também luta pelo amor de João Antunes é o homossexual Marcus, que se suicida ao perceber que não será amado fisicamente.

“João Antunes continuava a acariciar os cabelos de Riete, os olhos ainda fixos em Verônica. Meu Deus, que mulher linda, pensou intimidado, imaginando-a reservada a homens poderosos, aqueles que afagavam suas vaidades ao lado dela. Constrangido, pois é impossível esconder as bruscas comoções da alma, João Antunes curvou o rosto, meio sem jeito, procurando uma pergunta a ser dirigida a Riete para que se livrasse daquele agradável incômodo. Além disso, sentia-se um intruso ante aquele momento difícil que pressentira ao chegar. A beleza de Verônica o esmagava”, Sol e Sombras pág. 278.

É nesse contexto, em Goiás, que o segundo livro se cruza com a história do primeiro volume. Para quem já leu Sol e Sonhos em Copacabana, o lançamento Sol e Sombras desenvolve e aprofunda a narrativa proposta inicialmente pelo autor.

Sobre o autor

Foto - Divulgação

Aliel Paione é engenheiro e mestre em Ciências e Técnicas Nucleares pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Trabalhou com salvaguardas nucleares na estatal Nuclebrás e foi professor de Física na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas).

Sinopse
João Antunes nasceu quando a família trabalhava na Estância de Santos Reis, de propriedade do General Manuel do Nascimento Vargas, pai do futuro presidente Getúlio Vargas, e ali fora criado. Desde criança, aprendera a decifrar a natureza e cultivou amor aos animais. Tornou-se exímio vaqueiro e se revelou um jovem de arrebatadora beleza. Mas João Antunes revelou também uma sensibilidade inquietante, o que o faria sofrer vicissitudes durante a vida.

Suas relações pessoais seriam marcadas por conflitos psicológicos que se originavam da oscilação constante entre a beleza e as emoções derivadas, que frequentemente colocavam à flor da pele circunstâncias dolorosas da condição humana. A trama continua a se desenvolver em meio a críticas psicológicas, políticas e históricas, e ocorre, em sua maior parte, na cidade de Cavalcante, no Estado de Goiás, coração do Brasil, aonde João Antunes vai em busca de seus sonhos. Ou em busca de si mesmo...

Ficha Técnica
Sol e Sombras
Autor - Aliel Paione
Editora - Pandorga
Páginas - 453
Preço - R$ 9,90 (e-book)
Para mais informações ou comprar clique aqui

Leia também:
Sol e Sonhos na Copacabana de 1900

Postar um comentário

0 Comentários