‘Globo Repórter’ volta aos caminhos sagrados da Jordânia


O momento no Brasil e no mundo é de fé e reflexão, em meio aos efeitos da pandemia de coronavírus. Nesta sexta-feira Santa, dia 10 de abril, o ‘Globo Repórter’ apresenta novamente uma viagem mágica pelos caminhos sagrados da Jordânia, com suas riquezas e histórias.

A repórter Bette Lucchese e a equipe de reportagem atravessam o país pela Estrada do Rei, uma das mais antigas do mundo, refazendo o trajeto do profeta Moisés e do povo hebreu em busca da Terra Prometida. Em meio a diversas paisagens bíblicas, o programa mostra aromas e sabores únicos, além de animais que resistem ao calor escaldante.

Pelo caminho, a incrível cidade perdida de Petra, os enigmas dos mosaicos de Madaba, a famosa caverna de Ló e a fortaleza de Herodes e Sodoma. Confira entrevista com a repórter Bette Lucchese:

O que mais marcou durante a gravação do programa?
Gravar um 'Globo Repórter' na Jordânia foi uma experiência emocionante. Eu não me canso de dizer: a sensação que temos naquele país é única. É como se o passado virasse presente em um piscar de olhos. Foi muito marcante, especialmente, conhecer a força das mulheres beduínas, as moradoras do deserto.

Em um lugar tão mágico e histórico, o que ficou de ensinamento para a equipe?
Saímos da Jordânia entendendo, mais do que nunca, a importância e o significado da palavra diversidade.

Qual a importância de rever um programa como esse?
Depois das notícias tão tristes das últimas semanas, com tantos casos e tantas mortes pelo coronavírus, um programa como esse traz conforto. São paisagens de uma grande jornada de fé, que nos mostram que temos que seguir em frente, mesmo diante dos cenários mais difíceis.

O 'Globo Repórter' vai ao ar na Globo nesta sexta-feira, dia 10 de abril, após o 'BBB20'.

Postar um comentário

0 Comentários