Cia Alvo desenvolve espetáculo com participação do público na criação

Cena do espetáculo 'Éfeso' da Cia Alvo. Foto - Rafael Canuto

"Os Frutos da Justiça" será desenvolvido por meio de Lives transmitidas pelas redes sociais e salas virtuais abertas ao público. Com a peça, a Cia Alvo concorre ao Prêmio Zé Renato de Apoio à Produção e Desenvolvimento da Atividade Teatral em São Paulo

O Prêmio Zé Renato de Apoio à Produção e Desenvolvimento da Atividade Teatral em São Paulo, em sua 11ª edição, selecionará projetos teatrais inscritos em duas modalidades: produção ou circulação, desenvolvidos por núcleos artísticos ou grupos de teatro, e pequenos e médios produtores, para apoio por meio de recurso financeiro.

Para participar do processo, a Cia Alvo inscreveu seu mais novo projeto, o espetáculo “Os Frutos da Justiça”, a ser realizado num processo inovador e agora ainda mais colaborativo com a participação do público na criação do espetáculo.

Cena do espetáculo 'Éfeso' da Cia Alvo. Foto - Rafael Canuto

A história é baseada a partir da leitura da obra “Os Lusíadas” de Luís de Camões, publicada em 1572, em Lisboa. Com poemas sobre descobrimentos, do desvendamento dos mares e das terras e da afirmação do poder do homem sobre os elementos, onde o autor imortaliza diversos acontecimentos da Batalha de Ourique.

“Queremos desenvolver a dramaturgia e a encenação de um espetáculo musical que traga ao público uma visão intrigante e concisa sobre esta grande batalha que serviu de argumento político para justificar a independência do Reino de Portugal, e seguir seus rastros até as expedições que resultaram no descobrimento do Brasil”, explica Fabiano Moreira, diretor da Cia Alvo.

Cena do espetáculo 'Éfeso' da Cia Alvo. Foto - Rafael Canuto

Todas as reuniões para organizar as ideias e redigir o texto da peça, assim como a escolha do material cênico, dos projetos de figurino, iluminação e maquiagem também terão a participação do público. Durante o processo criativo, serão realizadas as leituras dramáticas transmitidas ao vivo pelas redes sociais por onde os atores e criadores do espetáculo, além de realizar a leitura, responderão à perguntas e comentários sobre a obra.


Cena do espetáculo 'Éfeso' da Cia Alvo. Foto - Rafael Canuto

Criado em 2014 e vinculado à Secretaria Municipal de Cultura, pela Lei nº 15.951/2014, o prêmio homenageia o diretor teatral paulistano José Renato Pécora (1926 - 2011). Ao todo, serão investidos R$ 4 milhões em projetos teatrais.

Saiba mais da Cia Alvo em:

Postar um comentário

0 Comentários