Para ver ou rever: Rebeldia Indomável


Longa rodado em 1967, é dirigido por Stuart Rosenberg e estrelado por Paul Newman

Sou muito suspeito quando o assunto é Paul Newman, sempre admirei seus filmes e suas performances, mas este aqui é especial. No filme, percebe-se um Newman muito à vontade no papel e, em entrevistas, ele revelou que foi um dos melhores roteiros que já havia lido. Sorte nossa.

Rebeldia Indomável, rendeu-lhe a indicação ao Oscar de Melhor Ator, mas quem levou foi George Kenedy, o de Ator Coadjuvante. Na minha opinião, umas das melhores atuações de Paul Newman nas telonas. O filme,  rodado em uma época de muita contestação mundo afora, vale a pena ser visto ou revisto tanto pela atuação de Paul Newman quanto por sua história rebelde e vibrante.

Sinopse
O ex-soldado Luke Jackson é preso após, completamente bêbado, danificar dezenas de parquímetros. Ele é enviado para uma colônia penal na Flórida para cumprir dois anos, onde logo de cara, arruma briga com Dragline líder dos prisioneiros.

Em meio às exaustivas e diárias tarefas forçadas, Luke inventa alguns jogos e apostas para passar o tempo, como um insólito desafio no qual diz que vai comer cinquenta ovos em uma hora. Mas é no pôquer que ganha o apelido de "Cool Hand" (algo como mão legal), trocadilho com "Full Hand" (mão cheia) do amigo Dragline.


Luke se recusa a obedecer as regras do local e ganha o respeito dos demais presidiários por sua valentia e malandragem. Insiste em fugir, mas a cada nova recaptura as punições são mais severas. Nem assim ele desiste e, enquanto o ódio dos guardas aumenta, Luke torna-se um ídolo entre os prisioneiros.


Disponível nas plataformas:

Confira o trailer:


Ficha técnica
Rebeldia Indomável 
EUA | 1967 |  Drama | 126 min.
Título Original - Cool Hand Luke
Direção: Stuart Rosenberg
Roteiro - Donn Pearce e Frank Pierson
Elenco: Paul Newman, George Kennedy, J.D. Cannon
Trilha Sonora - Lalo Schifrin

Postar um comentário

0 Comentários