'Éramos Seis': Lúcio é preso

Lúcio (Jhona Burjack). Foto - Globo/Victor Pollak

Em cenas que vão ao ar a partir deste sábado, 21 de março, em 'Éramos Seis', após Lúcio (Jhona Burjack) e Inês se casarem, ele é preso pelo seu envolvimento com grupos políticos clandestinos, algo proibido na década de 1930.

Inês fica desesperada e passa o restante da gravidez à sua espera, sem saber se ele estará presente para o nascimento do filho que assumiu para si - mas que, biologicamente, é de seu amigo, Alfredo (Nicolas Prattes). Genu (Kelzy Ecard), Virgulino (Kiko Mascarenhas) e Afonso (Cássio Gabus Mendes) não medirão esforços para tirá-lo da prisão.

Lúcio (Jhona Burjack) e Inês (Carol Macedo). Foto - Globo/Camilla Maia

'Éramos Seis' é escrita por Angela Chaves, baseada na novela original escrita por Silvio de Abreu e Rubens Ewald Filho, livremente inspirada no livro de Maria José Dupré. A direção artística é de Carlos Araújo e a obra conta ainda no elenco com Gloria Pires, Ricardo Pereira, Simone Spoladore, Virgínia Rosa, Eduardo Sterblitch, Maria Eduarda de Carvalho, Werner Schunemann, Mayana Neiva, entre outros.

Postar um comentário

0 Comentários