'É Tudo Verdade' abre festival de documentários on-line


Festival digital apresenta cerca de 50 horas de programação via internet, parceria envolve Itaú Cultural, Spcine Play e Canal Brasil Play

Entre 26 de março e 05 de abril, com alguns ciclos estendendo-se até 23 de junho, o É Tudo Verdade 2020 - 25º Festival Internacional de Documentários apresenta um festival on-line de produções não-ficcionais, em múltiplas parcerias, num total de sete programas especiais, abrindo a celebração de seus 25 anos.

São cerca de 50 horas de programação, brasileira e internacional, inédita e clássica, em 30 títulos distintos de longas-metragens, curtas e séries. A programação acontece em parceria com o site do Itaú Cultural, o Spcine Play e o Canal Brasil Play.

De 24 de setembro a 04 de outubro acontecerá o festival presencial no circuito de salas de cinema e de instituições culturais, em São Paulo e no Rio de Janeiro, com as projeções dos títulos inéditos das mostras competitivas e dos programas especiais, assim como debates e palestras.

Criado e dirigido pelo crítico Amir Labaki, o É Tudo Verdade conta com o patrocínio do Itaú, Sabesp e Spcine, parceria do Sesc-SP e com o apoio cultural do Itaú Cultural. Conta também com a realização do Ministério da Cidadania, da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, e da Secretaria Municipal de Cultura da Prefeitura de São Paulo.

Na parceria com o site do Itaú Cultural, o É Tudo Verdade apresenta a série inédita e restaurada “A Herança da Coruja”, do cineasta francês Chris Marker, o ciclo “A Situação Cinema” com cinco longas brasileiros sobre a fruição cinematográfica, e três longas-metragens e um curta-metragem da mostra “Os Primeiros Premiados”.

Na Spcine Play, o festival digital exibe o ciclo “As Diretoras no É Tudo Verdade”, com dez longas-metragens dirigidos por cineastas que marcaram a história do festival, incluindo o inédito “O Segundo Encontro” de Veronique Ballot; apresenta três longas-metragens e seis curtas da mostra “Ano 1 - A Safra Brasileira no É Tudo Verdade 1996”, e ainda celebra a memória do cineasta José Mojica Marins (1936-2020) com dois documentários sobre o criador do Zé do Caixão.

Já no Canal Brasil Play, serão disponibilizadas as duas temporadas da série “Cineastas do Real”, com 26 entrevistas com alguns dos principais documentaristas brasileiros, realizadas por Amir Labaki, diretor-fundador do É Tudo Verdade.

“Realizar o É Tudo Verdade 2020 On-Line é uma iniciativa inédita, que a equipe do festival e nossos patrocinadores e parceiros abraçaram com todo empenho como gesto de solidariedade social frente às restrições também inéditas à vida cotidiana em todo o Brasil”, afirma o crítico Amir Labaki, diretor-fundador do É Tudo Verdade. “Agradecemos a todos os que o estão viabilizando, aqui somados os diretores, produtores, técnicos e distribuidores das obras que estarão disponíveis. Vamos todos cuidar de nossa saúde e da saúde de todos, em especial a dos mais vulneráveis, ficando em casa. E, no final de setembro, temos encontro marcado para celebrar a vida e o cinema no circuito de salas e de instituições parceiras”.

Serviço

A Herança da Coruja
A Situação Cinema
Os Primeiros Premiados
Data - de 26 de março a 05 de abril
Para acessar clique aqui

As Diretoras no É Tudo Verdade
Data - de 26 de março a 23 de junho
Para acessar clique aqui

Cineastas do Real
Para acessar clique aqui

Para mais informações sobre a programação do 'É Tudo Verdade' clique aqui

Postar um comentário

0 Comentários