Segunda Chamada: Globo inicia as gravações da segunda temporada da série em São Paulo

A diretora da série Joana Jabace com a atriz Débora Bloch. Foto - Globo/Fábio Rocha

Debora Bloch, Paulo Gorgulho, Thalita Carauta, Hermila Guedes e Silvio Guindane estão de volta à locação para dar continuidade às histórias de seus personagens e contracenam com novo elenco

A narrativa de ‘Segunda Chamada’ ganhou notoriedade já em sua primeira temporada, ao receber elogios do público e da crítica especializada. Nesta nova temporada, os corredores da Escola Estadual Carolina Maria de Jesus recebem novos alunos, que carregam seus dramas pessoais, mas também uma imensa vontade de vencer.

A realidade no novo ano letivo é mais preocupante do que o habitual e o baixo número de matrículas ameaça, inclusive, a existência do curso noturno. Com uma nova configuração, novos conflitos entre os alunos vêm à tona. Afinal, faz-se necessário exercitar a tolerância e o respeito dentro dos muros do colégio.

Paulo Gorgulho e Debora Bloch nos bastidores de cenas da segunda temporada. Foto - Globo/Fábio Rocha
Após fazer as pazes com o passado, Lúcia (Debora Bloch) decide não ignorar o chamado de sua vocação e volta à escola que tanto ama. Ao atravessar os portões do edifício, a professora de Português encontra seus colegas que, assim como ela, estão mudados pelos acontecimentos que marcaram o ano precedente. Lúcia se surpreende ao ver como Sônia (Hermila Guedes), professora de História e Geografia, está decidida a assumir as rédeas da própria vida, após se livrar do marido violento e acreditar ser merecedora do respeito e do amor de seus filhos e, principalmente, de Marco André (Silvio Guindane).

O professor de Artes espera ansioso para construir um futuro com Sônia, mesmo que a recente descoberta envolvendo o seu passado não saia de seus pensamentos e os envolvidos sigam sem imaginar que tudo pode mudar a qualquer momento. Lúcia se prepara ainda para reencontrar o casal Eliete (Thalita Carauta) e Jaci (Paulo Gorgulho).

Para as autoras, os novos capítulos são uma mistura de novidade e familiaridade, representados, de um lado, pelas histórias dos novos estudantes e, do outro, pelo desenrolar dos dramas dos cinco protagonistas.

Paulo Gorgulho (Jaci) e Debora Bloch (Lúcia). Foto - Globo/Fábio Rocha 
“Estamos muito animadas com essa segunda temporada. Continuamos falando sobre os problemas da educação pública, comprometidas em retratar os dilemas de nossos professores, a realidade dos alunos e dando continuidade às histórias pessoais dos nossos personagens”, garante Carla Faour. Já Júlia Spadaccini adianta um pouco do que está por vir: “Se na primeira temporada falamos de alunos carentes, agora vamos retratar pessoas em uma situação de vida ainda mais precária."

Com 12 episódios, cada um deles traz uma nova história de superação, que os educadores Jaci, Lúcia, Eliete, Sônia e Marco André serão obrigados a gerenciar, além do desenrolar de suas vidas pessoais. A série convida à reflexão sobre temas de relevância social, como abusos e intolerância racial, alcoolismo, adoção, transtornos e, claro, os problemas da educação pública.

“É um privilégio fazer a segunda temporada dessa série, que trata de temas tão relevantes. Temos agora novos alunos e, portanto, novos atores, que irão protagonizar histórias muito interessantes e emocionantes, assim como os nossos professores”, conta Joana Jabace, responsável pela direção artística da obra.

Ângelo Antônio (Hélio) e Debora Bloch (Lúcia). Foto - Globo/Fábio Rocha
Obra da Globo em parceria com a O2 Filmes, ‘Segunda Chamada’ é escrita por Carla Faour e Julia Spadaccini, com Maíra Motta, Marco Borges e Dino Cantelli. A série conta com direção artística de Joana Jabace, direção geral de Pedro Amorim e direção de Henrique Sauer. O novo elenco conta com Moacyr Franco, Ângelo Antônio, Flávio Bauraqui, Pedro Wagner, Rui Ricardo Diaz, Jennifer Dias entre outros.

Postar um comentário

0 Comentários