Lilás - Um Musical em Tons Reais: espetáculo de Francisca Braga estreia em maio

Os atores Ligia Paula Machado e Luiz Araújo formam o elenco do espetáculo. Foto - Caio Gallucci

Com arranjos originais para quinze canções de Djavam, a peça entra em cartaz dia 09 de maio no Teatro Arthur Azevedo

A MP Produção Cultural, responsável por espetáculos como “Lisbela e o Prisioneiro - O Musical”, “Blink" de Phill Porter e “Hoje é dia de Maria - O Musical”, volta aos palcos em 2020 com “Lilás, Um musical em Tons Reais”, um texto original de  Francisca Braga, com músicas de Djavan.

O espetáculo aborda temas primordiais para o coletivo como inclusão de pessoas com mobilidade reduzida, alienação da sociedade, depressão e drogas. Narrando a história da bailarina Liz que trabalha em uma ONG e dedica sua vida a tirar crianças das ruas. Seu namorado, o artista plástico Miguel acredita que sua parceira se expõe demais em seu trabalho, envolvendo-se em situações perigosas. Apaixonados, a vida do casal de artistas transcorre normalmente até que algo inesperado acontece mudando radicalmente este cenário de amor e leveza. Neste novo panorama, Liz e Miguel terão que reconstruir suas vidas. Uma história verdadeira de amor, força e delicadeza que emociona e inspira. Músicas como “Lilás”, “Um amor puro”, “Samurai” e “Oceano” auxiliam no enredo deste romance.

A peça traz no elenco os atores Ligia Paula Machado e Luiz Araújo, como o casal Liz e Miguel, texto de Francisca Braga, direção geral de Kleber Montanheiro, direção de produção de Ligia Paula Machado, e direção musical de João Pardal. Os músicos tocam ao vivo, e o musical terá arranjos originais para quinze canções de Djavan.

O espetáculo estreia em São Paulo no dia 09 de maio no Teatro Arthur Azevedo, na Mooca, com sessões aos sábados às 21h e domingos às 19h. Os ingressos começarão a ser vendidos em breve.

Sobre a Equipe Criativa

Kleber Montanheiro
Ator, diretor, cenógrafo, figurinista e iluminador. Responsável pela criação de cenário, figurino e luz dos espetáculos "Misery", com Marisa Orth e Luis Gustavo, e "Cada um com seus pobrema", de Marcelo Médici. Vencedor por duas vezes do prêmio APCA de Melhor Direção nos anos de 2008 e 2012, recebeu o prêmio FEMSA 2009 por melhor diretor, em 2012 como Melhor Cenário e Figurino e em 2013 melhor iluminação. Foi indicado ao prêmio CPT 2012 pela direção de "Cabeça de Papelão". Dirigiu mais de 20 espetáculos, além das assinaturas em criação de cenários e figurinos.

Ligia Paula Machado
Atriz, cantora, bailarina clássica. Iniciou carreira como atriz em 2005 no musical “Avoar”, de Vladimir Capella no teatro Imprensa e atuou no musical “A Flauta Mágica”, direção de Roberto Lage. No ano de 2007 passou a produzir e estrelar os próprios espetáculos, dentre eles: “A Noite dos Assassinos”, de José Triana; “Quando as máquinas param”, de Plinio Marcos, “Entre Quatro paredes”, de Jean Paul Sartre. Em 2009, produziu “O Primo Basilio - O Musical”, “Lisbela e o Prisioneiro Musical”; “Blink de Phil Porter” e “Hoje é dia de Maria - O Musical”.

Francisca Braga
Formada em Letras, Pedagogia e Especialista em Literatura Brasileira, utiliza sua formação para exercer a profissão de escritora e roteirista nas adaptações teatrais e musicais da MP Produção Cultural, além da função de produtora associada.

João Pardal
Guitarrista, violonista e bacharel em música pelo Conservatório Musical Souza Lima. Foi integrante da Jazz Big Band de São Vicente e atualmente produz trabalho autoral: João Pardal Group e João Pardal Trio. Desde 2009 atua como músico em espetáculos como: “O Primo Basílio - O Musical”, “Lisbela e o Prioneiro - O Musical” e “Hoje é Dia de Maria - O Musical”. Foi diretor musical na peça “A Valsa n° 6” de Nelson Rodrigues.

Sobre a MP Produção Cultural

Fundada em 2009, é dirigida pela atriz e diretora Ligia Paula Machado e pela empresária e escritora Francisca Braga. O primeiro espetáculo produzido foi "O Primo Basílio - O Musical" no ano de 2009, patrocinado pelo Banco Bradesco e indicado ao Prêmio Contigo! como melhor espetáculo musical nacional. A peça rendeu três temporadas em SP e RJ.

Em 2011, com a produção e montagem de "Eu sei que vou te amar" de Arnaldo Jabor e direção de Ewerton de Castro, atingiu 13 cidades de São Paulo.

Nos anos de 2014 e 2015 foi a vez da produção “Lisbela e o Prisioneiro, um Musical Circense” realizado no em São Paulo no Shopping Frei Caneca, no Rio de Janeiro no Theatro Net Rio e em mais cinco cidades.

“BLINK” de Phil Porter, produzida em 2016, cumpriu duas temporadas e indicação ao prêmio Aplauso Brasil. Também nos anos de 2016 e 2017 a produtora realizou a montagem de “Hoje é dia de Maria - Musical” em São Paulo e temporada popular nos teatros da prefeitura da cidade, rendendo o prêmio Cetip, ao receber uma cadeira no teatro com dedicatória ao espetáculo e à protagonista.

Lilás - Um Musical em Tons Reais

Ficha técnica
Autora - Francisca Braga
Diretor - Kleber Montanheiro
Elenco - Ligia Paula Machado e Luiz Araújo
Diretor Musical e Arranjos - João Pardal
Cenário e Iluminação - Kleber Montanheiro
Figurino - Francisca Braga
Coreografias - Alberto Goya e Ligia Paula Machado
Assistente de Produção - Tiago Queiróz e Biah Carfig
Designer de Som - Bruno dos Reis
Músicos - João Pardal (guitarra), Jonatan Motta (Violino), Ian Gonçalves (Piano)
Técnicos de Palco - Gustavo Veiga, Renato Toledo
Designer Gráfico - Fellipe Guadanuci
Fotos - Caio Gallucci
Advogado - Marcos Zotovici
Assessoria Contábil - Adriana Rossi
Assessoria de Imprensa - May Calixto | Unicórnio Assessoria
Estagiários (assistência de produção) - Giovanna Leão e Janaína Vale
Direção de Produção - Ligia Paula Machado
Produção - MP Produção Cultural

Postar um comentário

0 Comentários