“Alva”, de Ico Costa, estreia nos cinemas de Sampa


Primeiro longa-metragem de ficção do realizador Ico Costa chega aos cinemas no próximo dia 27 de fevereiro  com distribuição da Bretz Filmes. O longa participou da Mostra Internacional de São Paulo e Festival do Rio em 2019

Em Alva, um homem, depois de cometer um crime, se esconde em uma floresta no planalto português. Paralelamente, acompanhamos Henrique, um cara solitário que foge de sua vida e do mundo. Em uma história progressivamente imersiva, somos transportados para um espaço de solidão, à procura do que realmente move o protagonista.


Palavras do diretor

Em 2005 fiquei intrigado com duas histórias publicadas na imprensa portuguesa. A primeira era sobre um homem que, depois de disparar sobre quatro mulheres da sua família, fugiu para as montanhas, onde permaneceu durante dois meses, sem que as autoridades conseguissem localizar.

A Segunda notícia tinha a ver com outro homem que, numa situação financeira e emocional desesperada, privado da possibilidade de visitar os filhos no centro de acolhimento onde viviam desde que se tinha separado da mulher, invadiu a instituição com uma arma com a intenção de matar a psicóloga encarregada do processo dos seus filhos.


Pretendi fazer um filme sem a clássica estrutura narrativa em que o público sabe desde o início quem são os heróis e os vilões. Não queria induzir o público a pensar de determinada forma sobre as personagens, queria que os espectadores se sentissem intrigados e inquietos durante o filme. No final, não há acusações nem absolvições. Pelo meio, há um homem que nós não conseguimos de fato ler, já que não estamos certos sobre os seus sentimentos: haverá ali angústia, pesar, arrependimento ou simplesmente frieza e apatia? Há também uma casa, uma aldeia, uma floresta e um rio. Alva é o nome desse rio.

Sobre Ico Costa
Nasceu em Portugal em 1983. Estudou na Escola Superior de Teatro e Cinema, em Lisboa, na Universidad del Cine, em Buenos Aires, e na Le Fresnoy - Studio National des Arts Contemporains, em Tourcoing, na França. Realizou os curtas Outono (2011), Quatro Horas Descalço (2012), Antero (2014) e Nyo Vweta Nafta (2017). Alva é seu primeiro longa-metragem.


Sobre a distribuidora
Desde 1991, a Bretz Filmes é responsável pela distribuição de filmes e documentários no Brasil em cinemas, home vídeo, tvs e internet. Liderada por Luiz Ernesto Bretz, que atua no mercado de vídeo doméstico desde seus primórdios no início da década de 1980, distribuindo e representando empresas brasileiras e multinacionais. Atualmente, conta em seu catálogo com aproximadamente 300 filmes de autor, de arte, clássicos e documentários, nacionais e internacionais.

Confira ao trailer de "Alva":


Ficha Técnica
Alva
Portugal, Argentina, França | 2019 | Ficção | 95 min.
Título Original - Alva
Direção - Ico Costa
Elenco - Henrique Bonacho
Direção de fotografia - Hugo Azevedo
Direção de Som - David Moreira, Ana Godoy
Correção de cor - Ada Frontoni, Rita Lamas
Edição de som - Joaquin Rosson, Simox Apostolou
Produção - João Matos, Jerónimo Quevedo, Jérôme Blesson, Ico Costa

Postar um comentário

0 Comentários