Regime fechado: a verdade por trás das grades


Livro da juíza catarinense Débora Zanini traz casos reais com histórias inusitadas e, por vezes trágicas, da imensa população carcerária brasileira

O Brasil tem a terceira maior população carcerária do mundo. São 812 mil pessoas presas, das quais 41,5% aguardam julgamento. E o que será que acontece nesse universo paralelo para além da realidade já conhecida pela maioria das pessoas?

É o que mostra a juíza catarinense Débora Driwin Rieger Zanini no Livro Regime Fechado - Histórias do cárcere, lançado pela Editora Lura. A partir de sua experiência de duas décadas na Magistratura, a autora revela casos reais, instigantes e por vezes trágicos, vivenciados por seus protagonistas: os presidiários.

São histórias como a da jovem miss que teve a beleza severamente destruída por uma “companheira” de cela. Ou o preso que enganou os próprios colegas com uma falsa doença. Mostra também o caso de uma bebê que viveu como detenta até ser adotada e a detenta que tinha um sapo como animal de estimação.

O livro revela, assim, minúcias e curiosidades até então restritos a quem vivencia esse universo do encarceramento. Com uma linguagem direta e sem rodeios, a autora traz situações inusitadas, a exemplo de uma fuga frustrada, e também realidades cotidianas, como a rivalidade entre as facções e as gírias mais usadas.

"...Há um código de hierarquia entre os faccionados, com posições de liderança. As ordens e missões são emanadas do escalão superior da facção criminosa, para cumprimento pelos faccionados de posição hierarquicamente inferior. É comum um preso faccionado receber a missão de eliminar um rival, ou um colega do mesmo grupo que foi “decretado” (sentenciado à morte), por ter sido desobediente ou por estar em dívida com a “torre” (alto escalão da facção)..." Regime Fechado - Histórias do cárcere, pág. 35.

Regime Fechado - Histórias do cárcere é a concretização de mais um desejo pessoal de Débora, que começou sua carreira no Poder Judiciário em 1995 e tinha o sonho de ser juíza. Realizou ambos. Com esta obra, a juíza lança seu olhar cronista para deixar registrado e acessível a todo o público a realidade por trás das grades.

Sobre a autora

Foto - Divulgação
Débora Driwin Rieger Zanini, nascida em Ijuí/RS, é graduada em Direito pela UNISUL e pós-graduada em Direito Processual Civil pela Universidade Castelo Branco. É Juíza de Direito do Tribunal de Justiça de Santa Catarina há 20 anos. Atuou nas Comarcas de Araranguá, Anchieta, Armazém, Urussanga e Criciúma. Atualmente está à frente da Vara de Execuções Penais da Comarca de Criciúma e é Corregedora do Presídio Regional (Santa Augusta), da Penitenciária Sul e da Penitenciária Feminina, todos de Criciúma. Foi membro e Presidente da 4º Turma Recursal e compôs a Turma de Uniformização de Jurisprudência dos Juizados Especiais do TJSC.

Sinopse


Regime Fechado é um convite para que os brasileiros conheçam de perto, sob olhar cronista da juíza catarinense Débora Zanini, histórias do cárcere no Brasil. Apesar de o país ter a terceira maior população carcerária do mundo, poucos sabem o que acontece atrás das grades.

Envolvida neste universo com relatos e abordagens fiéis de quem está para completar 20 anos no Judiciário, a autora traz a todos os leitores casos curiosos, realistas e outros mais chocantes. As cenas dessa rotina velada são somadas às gírias e aos dialetos dos prisioneiros, os protagonistas desse livro. Do lado de cá, você vai conhecer a jovem miss que teve a beleza severamente destruída por uma colega de cela. Sem nem dar tempo de tomar fôlego, passará a conhecer cada vez mais sobre esse mundo paralelo, como o caso do preso que enganou até os próprios presidiários com uma falsa doença. Vai também se emocionar com a história de uma bebê que viveu como uma detenta até ser adotada.

Uma fuga frustrada, presos comportados, traficantes perigosos e até a estranheza de uma detenta ter um sapo como animal de estimação. Nas palavras da juíza Débora Zanini, os bastidores deste Regime Fechado agora estão abertos para você, leitor.

Ficha técnica
Regime Fechado - Histórias do cárcere
Autora - Débora Driwin Rieger Zanini
Editora - Lura
Páginas - 136
Preço - R$ 29,90
Para mais informações ou comprar clique aqui

Postar um comentário

0 Comentários