O Despertar da Primavera tem encenação dirigida por Dan Rosseto

Foto -  Rombolli Torres Fotografia
Montagem com alunos da Escola de atores Wolf Maya acontece no Teatro Nair Bello

Nos dias 02, 03 e 04 de dezembro - de segunda a quarta, às 21h - a Escola de Atores Wolf Maya apresenta o espetáculo O Despertar da Primavera, um estudo sobre a obra de Frank Wedekind com direção de Dan Rosseto. As sessões acontecem no Teatro Nair Bello, tendo no elenco os alunos da Turma M5A da escola.

Com fortes críticas à sociedade alemã do fim do século XIX, que culturalmente reprimia a sexualidade, a obra é uma dramatização viva de fantasias eróticas, além de tocar em assuntos como morte, aborto, abuso e religião. Pela ousadia da abordagem, a peça foi censurada à época.

Escrita entre o outono de 1890 e a primavera de 1891, O Despertar da Primavera teve sua primeira montagem autorizada somente em novembro de 1906, em Berlim, com direção de Max Reinhardt. Em 1917, a obra atravessou o continente e estreou na cidade de Nova Iorque - primeira encenação em inglês -, onde também sofreu censura.

Foto -  Rombolli Torres Fotografia
Em 2006 a versão musical estreou na Broadway, arrebatando prêmios (foram oito Tony Awards, incluindo melhor musical) e atraindo os jovens para o teatro. No Brasil, diversas montagens do texto ganharam os palcos pelas mãos de importantes diretores, revelando novos talentos para as artes cênicas.

Nesta versão inédita, o dramaturgo Dan Rosseto traz ao público uma história que atravessa o tempo, situando os conflitos dos adolescentes em 1890, nos anos 60 e nos dias atuais. Sem uma linha narrativa cronológica, o espectador acompanha os dramas vividos pelos jovens em cada época, embalados por músicas e acontecimentos marcantes.

Foto -  Rombolli Torres Fotografia
“As personagens vivem, em cada período, os conflitos escritos por Wedekind com seus desdobramentos sociais, morais, sexuais, éticos e religiosos”, comenta o diretor Dan Rosseto, que completa: “Será espantoso e surpreendente acompanhar Moritz, Melchiors, Wendlas, Marthas, Ilses, em diferentes períodos, e perceber que o ser humano continua em busca de algo que está longe de encontrar”.

Sobre o autor
Frank Wedekind (Hanover, 1864 - Munique, 1918) foi ator, dramaturgo e romancista. É um dos precursores do movimento expressionista. O Despertar da Primavera (1891) é sua peça mais conhecida. Sua obra antecipou o teatro épico de Bertolt Brecht e já apontava para o que veio a se chamar teatro do absurdo. Brecht cita Wedekind como uma de suas grandes influências, tendo escrito um ensaio sobre ele na ocasião de sua morte, além de o considerar um dos grandes educadores da Europa moderna como Tolstoi e Strindberg.

Foto -  Rombolli Torres Fotografia
Ficha técnica
Texto - a partir da obra de Frank Wedekind
Direção - Dan Rosseto
Preparação Vocal - Adriana Pires
Preparação Corporal - André Capuano
Assistência de direção - Alex Junqueira, Gabrielle Ventura, Karina Oliveira e Sabrina Nask
Iluminação - Beto Martins
Cenário: Dan Rosseto
Realização - Escola de Atores Wolf Maya
Elenco (Turma M5A) - Alejandro Chiaradia, Andressa Ghezzi, Andressa Sifuente, Beatriz Matos, Fabiano Issas, Gabriel Scudeler, Gabriela Abrão, Guilherme Conceição, João Pedro Ruiz, Lara Handler, Larissa Bruna, Letícia Monezi, Lívia Guimarães, Luis Felipe Gimenes, Marília Troiano, Nathalia Marzola, Patrick Oliveira, Pedro Gottardi, Sara Rodrigues, Tayane Araújo, Thaís Rovesta e Vicky Souza

Serviço
O Despertar da Primavera
Data - dias 02, 03 e 04 de dezembro - segunda, terça e quarta-feira
Local - Teatro Nair Bello - Shopping Frei Caneca
Endereço - Rua Frei Caneca, 569 - 3º Piso - Consolação - São Paulo
Capacidade - 201 lugares
Horário - 21h
Duração - 1h30
Ingressos - R$ 20,00
Bilheteria - quarta a sábado das 15h às 21h e domingo das 15h às 19h
Classificação: 12 anos
Mais informações 11 3472-2414 clique aqui 

Postar um comentário

0 Comentários