Exposição “Vozes dos Livros” traz livros raros da Coleção de Ema Klabin

Biblioteca possui acervo de 3 mil volumes e conta com exemplares raros. Coleção teve a orientação de José Mindlin.
Foto - Divulgação
Durante a programação, os visitantes terão acesso a livros raros que fazem parte da coleção de Ema Klabin e poderão ouvir trechos das publicações em instalações sonoras


De 17 de julho a 1º de setembro , das 14h às 18h, a Casa-Museu Ema Klabin promove a segunda edição da Exposição “Vozes dos Livros”. Durante a programação, os visitantes poderão conhecer livros raros que fazem parte da coleção de Ema Klabin e ouvir trechos dos mesmos durante a visita .

Será possível prestigiar desde um Programa de inauguração do Teatro Maria Della Costa até obras raras de: Jean-Baptiste Debret (Viagem Pitoresca e Histórica ao Brasil), Mario de Andrade (Macunaíma - Cem Bibliófilos do Brasil - com ilustrações de Carybé), Jorge de Lima (Poemas Negros, com ilustrações de Lasar Segall), Simone de Beauvoir (La Femme Rompue - ilustrada pela irmã Hélène de Beauvoir e com dedicatória da autora para Ema Klabin), entre outras.


Obra de Jean-Baptiste Debret - Viagem Pitoresca e Histórica ao Brasil. Foto - Divulgação
Com o tema “Identidades Paulistanas: O que eu trago? O que eu Levo”, a exposição percorre diferentes narrativas de construção de São Paulo que transitam entre a literatura e as antigas livrarias da cidade, o teatro, o costume de se corresponder por cartas com os entes distantes, a atuação da mulher na vida intelectual da cidade, a presença indígena e das populações negras em obras como Macunaíma, nos poemas de Jorge de Lima, em Câmara Cascudo ou em Cecília Meireles. 

Investigando essa vasta Coleção em sua diversidade linguística e estilística encontramos vozes que falam dos paulistanos, e sua diversidade. São Paulo de muitos idiomas, que agregou muitas formas de ser e viver trazidos de países distantes ou de outros estados, das populações indígenas originárias ou das populações negras que vieram escravizadas.

Livro de Simone de Beauvoir tem dedicatória para Ema Klabin. Foto - Divulgação

Instalações sonoras

A cada cômodo da casa de Ema Klabin o público vai se surpreender com instalações sonoras com trechos marcantes de livros da coleção de Ema Klabin.

Os textos foram gravados em uma curadoria minuciosa pela equipe técnica do museu. Trechos de obras de Bertolt Brecht, Câmara Cascudo, Jean Baptiste Debret, Cecília Meireles, entre outros, poderão ser apreciados.

“ A ideia da Exposição “Vozes dos Livros” é por meio de instalações sonoras que apresentam trechos de livros, emprestar a voz para tantas outras vozes que vivem nessa incrível coleção de Ema Klabin. Também queremos convidar cada um dos visitantes a somar a sua voz e sua história a nossa. E refletir sobre o que a gente traz e o que a gente leva das nossas relações aqui em São Paulo”, explica a coordenadora do setor educativo da Fundação Ema Klabin, Cristiane Alves.

A programação contará também com oficinas e visitas fomentando um espaço de troca e diálogo entre a exposição e seus visitantes

Foto - Divulgação
Serviço
Exposição “Vozes dos Livros”
Local - Fundação Ema Klabin
Endereço - Rua Portugal, 43 - Jardim Europa - São Paulo
Data - 17 de julho a 1º de setembro - De 4ª a domingo
Horário: das 14h às 18h
Ingressos
Quarta a sexta-feira - R$ 10,00
Sábados, domingos e feriados - entrada franca
Informações 11 3897- 3232

Nenhum comentário