Clementina de Jesus: Cantar era seu sonho


Personalidade da música brasileira e suas raízes africanas são tema de livro para as crianças

Nascida em Valença, Rio de Janeiro, ela conheceu a música ainda pequenina, quando a mãe entoava cantigas de ninar para fazê-la dormir. Um pouco mais crescida, cantava e dedilhava a viola do pai… trazia na cor de sua pele a magia e o ritmo da África, transformando-se, mais tarde, num elo entre as duas culturas.

Em Cantar era seu sonho, lançamento infantojuvenil da PAULUS, Lúcia Fidalgo apresenta às crianças a vida de Clementina de Jesus, ícone da música brasileira. O livro conta sobre seu casamento, sobre o nascimento da sua filha, seu trabalho como doméstica, além da dificuldade de conseguir realizar seu grande sonho, que era se dedicar à música.

Melodias como “Eu não sou daqui, Marinheiro só. Eu não tenho amor, Marinheiro só”, “Deus vos salve casa santa, onde Deus fez a morada. Onde está o cálice bento e a hóstia consagrada?”, estão presentes na obra, motivando os pequenos leitores a conhecer a música e a poesia presentes na voz de Clementina.

Essa mulher, que mostrava as suas raízes por onde passava, teve uma difícil trajetória e  somente aos 63 anos ela obteve seu reconhecimento, cantando o que mais gostava: samba, jongos, corimás, modas, entre outros ritmos com influência africana.

Lúcia Fidalgo ainda destaca que Clementina gravou com diversos artistas, como João Bosco, Milton Nascimento, Paulinho da Viola e Alceu Valença. “Ela virou letra de música, enredo de samba e foi homenageada por muitos cantores”, conta.

Cantar era seu sonho pertence à coleção Brasileirinhos, reconhecida por incentivar a valorização da cultura brasileira entre crianças e jovens. Além de Clementina de Jesus, a coleção apresenta diversas personalidades inspiradoras das artes em nosso país, como Tarsila do Amaral, Carlos Drummond de Andrade, Machado de Assis, Paulo Freire, entre outros.

Sobre a autora
Lúcia Fidalgo é escritora, contadora de histórias do Grupo Morandubetá, bibliotecária, mestra em Educação, professora na Universidade Santa Úrsula e pesquisadora do Aleph-UFF. Nasceu no Rio de Janeiro e desde pequena gosta de ler, contar e ouvir suas histórias, que hoje ela compartilha com os seus leitores. Lúcia foi autora revelação no ano de 1997, com o livro Menino Bom, prêmio recebido da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil.

Sobre o ilustrador
Robson Araújo é carioca, mas mora entre as montanhas de Minas Gerais, na cidade de Betim. Além de ilustrador, é caricaturista. Em 1997, recebeu a menção de “Ilustrador Revelação” da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil. Vários de seus trabalhos receberam a menção “Altamente Recomendável” da mesma fundação. Grande parte desses trabalhos foram selecionados para participar do catálogo brasileiro para a feira de Bolonha - Itália. Como caricaturista, participou de vários salões de humor do país. Em 1992, recebeu a menção honrosa da mostra de caricaturas promovida pelo jornal Yomiuri Shimbun, do Japão.

Ficha técnica
Cantar era seu sonho
Autora -  Lúcia Fidalgo
Ilustrador - Robson Araújo
Editora PAULUS - Coleção Brasileirinhos
Páginas - 16
Preço - R$ 22,00
Clique Aqui para mais informações e comprar.

Nenhum comentário