5 passos para alcançar o ápice do prazer

Image by Luis Wilker Perelo WilkerNet
As dicas são da autora best-seller de livros eróticos Lani Queiroz


Não tem data e nem hora, estar satisfeita com o sexo é uma questão de saúde física e emocional. Mas neste dia 31 de julho, existe um motivo a mais para o prazer: é o Dia Mundial do Orgasmo. A data começou a ser celebrada em 1999 por iniciativa de algumas sex shops britânicas para apimentar as vendas e iniciar um debate sobre a dificuldade que algumas pessoas, sobretudo mulheres, têm em atingir o ápice sexual. 


A autora best-seller de livros eróticos, Lani Queiroz, descreve na ficção histórias picantes e cheias de loucuras eróticas. Uma delas é o romance entre Ella, uma virgem que inicia a vida sexual com o experiente Mike, personagens dos livros Princesa da Inocência e Príncipe do Domínio, lançados no Brasil pela 3DEA Editora.


Na ficção, Ella é tomada pelo prazer e chega a orgasmos múltiplos. Trazer essa sensação para a realidade é possível. E Lani separou cinco passos para serem realizados durante este dia 31, chegar ao ápice e comemorar a data sem pudor!

  • Comece no chuveiro: não existe motivo para não se tocar. Explore todas as partes: nuca, seios, barriga, cintura e coxas. Aproveite a espuma e deslize a mão. Perceba a reação que seu corpo apresenta em cada toque para identificar qual área lhe proporciona mais prazer.
  • Leia livros e assista filmes hots: um livro erótico pode te ajudar a soltar a imaginação e aprimorar a criatividade. Os vídeos sensuais também cumprem esse papel. Não precisa ser um pornô explícito, mas se você curtir esse estilo mais hardcore, se joga!
  • Beba um espumante ou um vinho: esse pode ser tanto sozinha quanto acompanhada. Uma garrafa dividida em dois já é o bastante para se soltar e iniciar a pegação sem se preocupar com uma ressaca no dia seguinte.
  • Guie os movimentos dele: depois de ter passado o dia se excitando, chegou o momento! Agora que já sabe os pontos que ativam o orgasmo, guie o parceiro nessa jornada do prazer. Pode colocar em prática o que treinou sozinha e ampliar o repertório à vontade.
  • Inclua uma venda na brincadeira: uma dica para sair do senso comum é vendar os olhos. Sem a visão, o corpo se encarrega de potencializar o estímulo a cada toque. São sensações que podem provocar orgasmos mais intensos ou até mesmo múltiplos.




Trechos do livro

Eu não deveria desejá-la. Eu cuidei dela e a protegi desde quando era apenas a pequenina princesa Antonella. Eu a ensinei a andar de bicicleta, a cavalgar, a pilotar uma moto. Ela bebeu álcool pela primeira vez sob a minha supervisão. Dormi com ela em meus braços tantas vezes que perdi a conta. E, por todas essas razões, Ella é proibida para mim. O rei confia em mim. Nossa família confia em mim para protegê-la (inclusive de mim mesmo). Meu corpo não deveria queimar a cada vez que a vejo.


Eu não deveria desejá-lo. Mike cuidou de mim e me protegeu desde sempre. Ele me ensinou tudo. Dormi em seus braços tantas vezes que perdi a conta. E, por essas razões, ele acha que sou proibida. Meu pai confia nele. Nossa família confia nele para proteger-me. Eu? Eu só quero ser a sua mulher. Desejo febrilmente que me tome e me faça sua.



Sobre a autora
Professora e doutoranda em matemática e ciências, Lani é leitora ávida desde os dez anos de idade e começou a escrever contos e histórias aos treze. Sempre teve o desejo de tornar seus textos públicos e, em 2014, ao postar suas histórias em um site percebeu que a aceitação dos leitores foi além da esperada. Sua primeira obra foi publicada em 2015 e desde então tornou-se uma autora best-seller.

Ficha técnica
Princesa da Inocência
Autora - Lani Queiroz
3DEA Editora - Série Di Castelanni - livro 04
Gênero - Romance - Adulto
Páginas - 250
Preço - R$ 30.90
Clique Aqui para mais informações

Postar um comentário

0 Comentários