Preservação do Patrimônio Natural é tema de “livro-expedição” pelo estado de São Paulo

Foto - Silvestre Silva 

Lançamento do livro “Cultura e Natureza – Áreas Protegidas do Estado de São Paulo: RPPNs” será dia 26 de outubro com presença dos participantes do projeto, que viajaram mais de 9 mil quilômetros para registrar as fotos e histórias do projeto

Mico leão preto, jaguatirica, bugio-ruivo, onça-parda, cerrado, manguezais e florestas. Estas são algumas espécies de fauna e flora preservadas em propriedades privadas do Estado, que foram registradas pelo fotógrafo naturalista Silvestre Silva durante sua expedição de mais de 9 mil km e quase 50 municípios para o livro “Cultura e Natureza - Áreas Protegidas do Estado de São Paulo: RPPNs”.

A publicação será lançada pela editora Bela Vista Cultural, dia 26 de outubro, às 19h, no Centro de Pesquisa e Formação Sesc SP e será distribuída gratuitamente nas bibliotecas públicas paulistas até dezembro deste ano.

Com o objetivo de apresentar a conservação da natureza em propriedades que possuem uma Reserva Particular do Patrimônio Natural - RPPN, uma categoria de Unidade de Conservação da Natureza, o livro traz um registro fotográfico e histórico destas reservas. Uma ferramenta para introduzir o leitor no universo cultural e ambiental das RPPNs, a publicação aborda as reservas particulares cujos proprietários, pessoa física ou jurídica, voluntariamente assumem a responsabilidade de proteger uma área de floresta em sua propriedade em caráter perpétuo. 

A obra é repleta de curiosidades sobre estas reservas ecológicas paulistas. Um dos destaques é a RPPN Sítio Curucutu, a primeira RPPN registrada numa capital brasileira. A reserva fica na zona rural da cidade de São Paulo, na região de Parelheiros, a mais de 40 km de distância do centro urbano. O sítio é cortado pelo rio de mesmo nome do local, Curucutu, e é residência de colmeias de abelhas africanas, arapongas, cutias e palmeiras-juçara, de palmito, espécie quase extinta da Mata Atlântica.

Esta e outras histórias fazem parte da publicação co-idealizada pela Federação das Reservas Ecológicas Particulares do Estado de São Paulo - FREPESP - e pela editora Bela Vista Cultural. Com o objetivo de tornar-se um material de referência sobre o universo das RPPNs Paulistas, o livro será apresentado em municípios do interior do Estado pela equipe editorial (com apoio da Secretaria Estadual da Educação, do SESC e da Editora Sesi). 

Nestes encontros com o público, os autores e realizadores conversam com a população local e estudantes de escolas públicas sobre o trabalho desenvolvido por estes proprietários em prol da Conservação Voluntária da Natureza, ajudando no reconhecimento, fortalecimento e comprometimento das ações de preservação do patrimônio natural, fazendo a doação de exemplares dos livros às instituições culturais locais. 

O projeto é fruto do esforço realizado desde 2014 pela Associação que representa os RPPNistas do Estado de São Paulo, a FREPESP, que em parceria com a editora Bela Vista Cultural obteve aprovação de edição por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura do Ministério da Cultura, e contou com apoio da Fundação Florestal e do WWF-Brasil e patrocínio da Companhia de Navegação Norsul e co-patrocínio das empresas Engie Brasil Energia e Banco ING para sua realização.

Os textos sobre as propriedades são de autoria de Federica Fochesato, sob coordenação de Ana Celina Tiburcio e crivo de Ana Maria Soares na consolidação das informações disponibilizadas pelos proprietários de RPPNs e pela FREPESP.

Serviço

Lançamento do livro Cultura e Natureza - Áreas Protegidas do Estado de São Paulo: RPPNs
Data - 26 de outubro
Horário - 19h
Local - Centro de Pesquisa e Formação do Sesc
Endereço - Rua Dr. Plínio Barreto, 285, 4º andar - Bela Vista - São Paulo
Clique Aqui para mais informações sobre o lançamento

Comentários


Fque por dentro