Portões de Fogo: romance épico completa 20 anos

O mais famoso romance histórico sobre os 300 de Esparta completa 20 anos

Sucesso em todo o mundo Portões de Fogo, de Steven Pressfield, comemora nas próximas semanas 20 anos de sua primeira publicação. A obra relata de forma intensa a Batalha de Termópilas, unindo história e ficção com habilidade. O épico combate inspirou HQs e filmes que viraram referência na cultura pop como 300, dirigido por Zack Snyder, e que tem Rodrigo Santoro no papel do rei persa Xerxes e o quadrinho homômino de Frank Miller. 

Em 480 A.c dois milhões de homens do Império Persa iniciam uma campanha para invadir e subjugar a Grécia. Em uma ação suicida, uma pequena tropa de 300 espartanos, comandada por Leônidas, segue para o desfiladeiro das Termópilas para impedir o avanço inimigo. Eles conseguem conter, durante sete dias sangrentos, as tropas invasoras. No fim, com suas armas estraçalhadas, arruinadas na matança, lutam “com mãos vazias e dentes” até serem dominados. Ainda hoje dois memoriais permanecem nas Termópilas, no norte da Grécia. 

Relatados diretamente ao rei pelo único sobrevivente grego, os fatos são apresentados no livro de maneira vívida e envolvente. Mais do que somente com a batalha, o leitor entra em contato com um fiel retrato de vida desses antigos guerreiros, sua rotina, seus valores, sua coragem e seus ideais. 

“Portões de Fogo” faz parte do Selo Marco Polo, dedicado a romances históricos da Editora Contexto. Neste segmento, já foram publicados os livros “O Inquisidor” (Catherine Jinks) e “A Amiga de Leonardo da Vinci” (Antonio Cavanillas de Blas). 

Sobre o autor

Steven Pressfield graduou-se na Duke University e serviu no Corpo de Fuzileiros Navais dos Estados Unidos. É roteirista e autor de uma dúzia de livros de ficção e não ficção, como A Porta dos Leões, publicado pela Contexto.

Ficha técnica

Portões de Fogo
Autor - Steven Pressfield 
Editora Contexto Selo Marco Polo 
Páginas - 432 
Preço - R$59,90
Clique Aqui para mais informações e comprar

Comentários


Fque por dentro