Na Parede da Memória: poesia de Belchior em cena

Foto - Tiago Brando

Espetáculo estreia em São Paulo dia 03 de outubro no Teatro Itália


Inspirado na poesia do cantor e compositor cearense Belchior, falecido em 2017, o espetáculo Na Parede da Memória faz temporada de 03 de outubro a 28 de novembro, quartas-feiras, às 21h, no Teatro Itália, com ingressos vendidos a R$ 50,00.

Foto - Tiago Brando
O espetáculo tem direção de Paulo Merisio e texto de Fabrício Branco. Em cena, quatro amigos separados pelo tempo e por suas diferenças se reencontram em um apartamento onde todos já viveram antes. Fechando um ciclo da história, cada personagem deve retirar o que é seu do imóvel. O único desacordo parece estar na propriedade do disco Alucinação, de Belchior, objeto reclamado por todos.

Um reflexo do passado ganha cores contemporâneas, no desenrolar da trama que situa a história política atual do país e do mundo. Cada canção se torna rascunho do destino, tendo a poesia e a ação como forma de narrar essa história.

Músicas de Belchior, como Coração Selvagem, Galos, Noites e Quintais, Como Nossos Pais, À Palo Seco, Paralelas, Inspiração, Velha Roupa Colorida e Apenas um Rapaz Latino Americano são executadas ao vivo em cena e também inspiram a dramaturgia do espetáculo.

Foto - Tiago Brando
A proposta do espetáculo já tinha sido pensada em 2013, mas foi colocada em prática em 2017. “Após a morte de Belchior sentimos que era hora de retomar aquele desejo antigo”, diz o diretor Paulo Merisio. “A percepção de que suas letras tinham potencialidade poética para a construção de uma bela dramaturgia nos inspirou desde aquela época”, completa.

Uma das propostas da encenação é discutir a atemporalidade dos temas de Belchior, artista que teve canções interpretadas por grandes nomes da cena nacional, como Elis Regina, Elba Ramalho e Fagner. “Além de homenagear o artista, a peça traz ainda muitas reflexões e questionamentos sobre sua obra, surpreendentemente contemporânea - Algumas letras que poderiam aparecer anacrônicas passaram a retomar vigor inesperado”, diz a equipe.

A peça fez temporada no Rio de Janeiro entre maio e julho, no Teatro dos Quatro e Teatro Cândido Mendes.

Sobre Belchior

Foto - Tiago Brando

Antônio Carlos Gomes Belchior Fontenelle Fernandes (1946 - 2017), conhecido apenas como Belchior, foi um dos grandes compositores e cantores brasileiros, um dos mais expressivos do nordeste. Nos seus 40 anos de carreira, cantou sobre o amor e seus muitos sentimentos juvenis, além de abordar temas críticos que refletem a época em que viveu. O autor de sucessos marcantes que contam a história do país faleceu em abril de 2017.

Ficha Técnica


Na Parede da Memória
Texto - Fabrício Branco.

Direção - Paulo Merisio.
Direção Musical - Delfim Moreira.

Elenco - Dezo Mota, Gloria Dinniz, Filipe Goulart e Nina Alvarenga.

Músico e Arranjador - Leandro Parisi. Cenário: Natalia Lana.
Figurinos - Vinicius Lugon.
Visagismo - Talita Bildeman.
Iluminação - Mario Junior. 

Serviço


Na Parede da Memória
Local - Teatro Itália
Endereço - Av. Ipiranga, 344 - República -São Paulo.
Data - de 03 de outubro a 28 de novembro.
Horário - Quartas-feiras, às 21h.

Duração - 70 minutos
Ingressos: R$ 50,00 (inteira) e R$ 25,00 (meia).
Classificação - 16 anos.

Comentários

Portal Primus FM: fique por dentro