Do Beco Cultural recebe exposição “Ainda cometendo os mesmos erros” de Alex Hornest

Fotos - Divulgação

Com um trabalho tridimensional, cada obra transporta o espectador a refletir sobre os próprios erros a partir da perspectiva das falhas expostas pelo autor

A exposição “Ainda cometendo os mesmos erros”, de Alex Hornest, tem início no próximo dia 15 de setembro, às 14h, no Do Beco Cultural, na Vila Madalena, em São Paulo. A mostra gratuita fica aberta ao público de terça à sábado, das 11h às 20h, até dia 13 de outubro.

A nova série propõe uma análise sobre os atos e comportamentos humanos quando adolescentes que continuam sendo praticados na vida adulta, seja em decorrência de uma carreira ou por puro hábito ou diversão.



“Ainda cometendo os mesmos erros” surge de uma reflexão do artista sobre sua carreira e vida, e traz em cada linha sua trajetória entre anseios, medos, dificuldades e desafios, assim como suas convicções e exercícios diários de subsistência para continuar a produzir o que realmente lhe interessa.

Nas obras é possível reconhecer o famoso personagem de mãos grandes de Alex Hornest. Seus traços e pintura tridimensionais permitem que a profundidade do tema seja exposta com bom humor e de certa forma lúdica, absorvendo o espectador para dentro de cada arte. São sete peças com 1,30m por 1,74m cada, produzidas com tinta acrílica e duco sobre madeira, além de outras nove desenhadas com caneta esferográfica em papel em tamanhos menores.

Itinerante, a mostra é uma continuidade da “Cometendo os mesmos erros” e busca trazer sempre elementos novos, seja no formato provocativo da instalação, seja com interferências do artista ou com telas novas.

Serviço

“Ainda cometendo os mesmos erros”
Exposição de Alex Hornest
Local - Do Beco Cultural
Endereço - Rua Dr José Almeida Camargo, 166 - Vila Madalena - São Paulo
Abertura - 15 de setembro às 14h
Visitação - terça à sábado das 11h às 20h até 13 de outubro
O local possui - Acessibilidade, ar condicionado, wifi e restaurante
Gratuito

Comentários

Portal Primus FM: fique por dentro