Como um Rolling Stones - Entenda a liderança eficaz de Mick Jagger


Obra dos irmãos Jamil e Joilson Albuquerque, líderes na única empresa certificada pela fundação de Napoleon Hill, traz os ensinamentos do mais famoso estudo sobre liderança aplicados à vida do astro do rock


“Um garoto mais movido pelo trabalho duro do que pelo talento”. É assim que muitos historiadores descrevem a infância e início de carreira de Mick Jagger, uma das maiores estrelas do rock e principais nomes da indústria musical mundial. Mas, então, como ele conquistou tamanho sucesso?

Em Como ser um Rolling Stone: Entenda a liderança eficaz de Mick Jagger, publicado pela editora Citadel, os autores catarinenses Jamil Albuquerque e Joilson Albuquerque, respectivamente presidente e gestor de conteúdo e relacionamento da MasterMind, única instituição de treinamentos na língua portuguesa certificada pela The Napoleon Hill Foundation, analisaram como Mick Jagger transformou uma banda de rock n’ roll em uma das empresas mais bem sucedidas do mundo.

Nessa comparação inédita com o estudo de perfis icônicos intitulado “O Manuscrito Original - As leis do triunfo e do sucesso de Napoleon Hill”, feito pelo mestre Napoleon Hill no início do século XX (que inclusive estudou grandes nomes como Churchill, Carnegie, Ford, Rockefeller, Roosevelt, e outros 16 mil líderes), Jamil e Joilson destacam as competências de Mick Jagger como empresário, líder e empreendedor.

Napoleon se consagrou como “o criador de milionários, conselheiro de titãs e confidente de presidentes”, tamanha proximidade com os mais bem-sucedidos nomes da indústria, em uma época que o EUA explodia com a industrialização.


Os 17 pontos indicados como habilidades para uma liderança eficaz, descritos por Napoleon Hill em seu estudo, foram de extrema valia para a obra Como ser um Rolling Stone. Os autores Jamil e Joilson exemplificaram e relataram por meio de uma extensa pesquisa de oito anos, como as características de Mick Jagger refletem todos os preceitos que o grande mestre dos negócios apontou ainda em 1928.

Competências como a capacidade de conseguir a cooperação do restante do grupo (chamada de MasterMind ou aliança de mentes) - tida como uma das principais qualidades listadas em “O Manuscrito Original” - e a absoluta persistência e resiliência, traçaram o destino de Mick e milhares de outras pessoas empregadas pela Rolling Stones.


Jagger nem sempre foi visto como um líder, inclusive no início de sua carreira foi o comprometimento e a disciplina que o levaram ao comando. O entusiasmo foi um gás para o enérgico vocalista que após arrecadar 665 milhões de dólares durante uma turnê disse: “Ou você continua se movimentando ou você morre.”

“O entusiasmo”, disse Napoleon Hill, “é o mais importante combustível para a busca do sucesso pessoal, tanto quanto o combustível é importante para o carro funcionar”. página70

Manter-se à frente na liderança de um time, cuja média de idade é maior do que a dos anciões da Suprema Corte dos Estados Unidos, empregar milhares de pessoas e ainda assim movimentar tanto dinheiro que, se comparadas a uma nação, teriam um PIB maior que dos os últimos 35 países da lista das Nações Unidas, não é uma tarefa fácil. Jagger definiu bem seus objetivos, entendeu que o autocontrole (difícil entre rockeiros) seria essencial se quisesse progredir na profissão e na vida. Seja com fãs descontrolados, shows regados a bebidas e drogas e um universo musical jovem, não há como duvidar dessa competência que o astro possui.

Saber lidar de forma exemplar com o fracasso é outro ponto marcante na trajetória de qualquer empreendedor. Para os Rolling Stones isso pode ser pontuado com maestria, na verdade, com música. O álbum Exile on Main St. (1972) foi gravado durante o exílio na França, após terem abandonado a Inglaterra por problemas tributários. A resiliência frente ao problema inesperado criado por um empresário, a brusca separação da família e amigos, e as péssimas condições de gravações deram vida ao que se tornaria lendário: The Rolling Stones Co.

Além de fatos biográficos, passagens da literatura ficcional como Shakespeare e Cervantes, Como um Rolling Stones traz ao leitor de forma muito demonstrativa o que todos podem alcançar: MasterMind (aliança de mentes), autocontrole, foco e concentração, objetivos bem definidos, tolerância, confiança em si mesmo, uso adequado da imaginação, ter iniciativa, saber lidar com fracassos, hábito da economia, conseguir cooperação, pensar com segurança, entusiasmo, fazer mais que o combinado, personalidade agradável, pensar com exatidão e ter a regra de ouro.

Ou seja, as 17 habilidades que trilharam o caminho do protagonista de um dos maiores cases de sucesso da música e empreendedorismo. Afinal, para Mick Jagger, nunca foi só rock ‘n roll não é mesmo?

“Ao lapidar sua liderança, Mick Jagger desenvolveu a capacidade de lidar com as pressões mais desgastantes, talvez por ter percebido já no início que não iria tão longe sem ter a tolerância necessária para suportar o ritmo cotidiano de show business. Em “Beast of Burden”, do álbum Some Girls de 1978, ele cantaria, “Minhas costas são largas, mas estão machucando (...). Serei forte o bastante?” Mick mostrou-se sabedor de que o triunfo traz junto a necessidade de fortalecimento, tanto para usufruir corretamente do sucesso como aguentar os eventuais pesos extras sobre as costas. Percebe-se neste e em outros episódios que ele tem o nível necessário de tolerância para exercer uma liderança eficaz”. página 176

Como um Rolling Stones: entenda a liderança eficaz de Mick Jagger é um guia para empreendedores que buscam uma dose de ânimo e credibilidade no poder da realização pessoal. Com comportamentos de Mick contextualizados às Leis de Napoleon, é possível perceber que as destrezas para se tornar um sucesso podem ser aprendidas – por mais caótica que seja a carreira.

Sobre os autores


Jamil Albuquerque nasceu em Monte Carlo, Santa Catarina. É economista, especialista pós-graduado em marketing, professor de gerenciamento de cidades pela FAAP, professor convidado da Universidade da Califórnia para o curso de Liderança Global. Observador convidado da ONU para a ECOSOC e Secretário do governo de Ribeirão Preto/SP. Preside a marca MasterMind no Brasil, única certificada pelo Instituto The Napoleon Hill World Foundation - Purdue University Calumet - Hamont, Indiana/USA e em mais oito países de língua portuguesa. Conferencista e autor best-seller de A arte de lidar com pessoas e dos livros A lei do triunfo para o séculoXXI e Vivendo e Aprendendo a jogar.

Joilson Albuquer nasceu em Monte Carlo, Santa Catarina é gestor de relacionamentos e conteúdo da MasterMind Treinamentos, única empresa de treinamentos certificada pelo Instituto The Napoleon Hill World Foundation - Purdue University Calumet - Hamont, Indiana/USA e em mais oito países de língua portuguesa. Estudioso e apaixonado pelo cenário e mercado musical, especialmente Rolling Stones.

Ficha Técnica

Como ser um Rolling Stone - Entenda a liderança eficaz de Mick Jagger
Autores - Jamil Albuquerque e Joilson Albuquer
Editora - Citadel
Páginas - 208
Preço - R$ 42,90

Comentários