Barroco alemão e romantismo francês são tema de concertos do Quarteto de Cordas

Foto - Fabiana Stig

Em parceria com a Escola de Música, grupo toca Bach no dia 11 de outubro e Massenet e Chausson no dia 25 de outubro


O programa de outubro do Quarteto de Cordas da Cidade de São Paulo, corpo artístico do Theatro Municipal, instituição da Secretaria Municipal de Cultura, traz a música barroca do alemão Johann Sebastian Bach na apresentação de 11 de outubro e obras de Massenet e Chausson, dois representantes do romantismo francês, no dia 25.

Na primeira apresentação do mês, o grupo formado por Betina Stegmann e Nelson Rios, nos violinos, Marcelo Jaffé, na viola e Rafael Cesário, no violoncelo, recria a atmosfera de Morimur (gravação de 2001 que faz uma releitura de obras de Bach com tema de luto baseada nos estudos da musicóloga Helga Thoene) a partir de um recorte desse álbum. E, para isso, recebe o organista Fernando Cordella, a cantora Marília Vargas e o coro da Oficina de Música Antiga da Escola de Música.

“Segundo Thoene, Partita para Violino Solo Nº 2 em Ré menor, BWV 1004 é uma homenagem de Bach para a mulher Maria Bárbara, que morreu e foi enterrada enquanto ele viajava. A composição é um conjunto de cinco peças que termina na Ciaccona, uma música monumental, que teria, de acordo com essa musicóloga, temas fúnebres, assim como outras obras de Bach. Esse foi o ponto de partida para a pesquisa que resultou em Morimur”, explica Jaffé, o violista do Quarteto.

Deixando a música alemã e partindo para a francesa, no dia 25 de outubro, o Quarteto de Cordas recebe o pianista Ronaldo Rolim e o violinista Pablo de Leon para mostrar ao público a visão do grupo sobre uma das obras mais executadas de Jules Massenet: Meditação, da ópera Thaïs, a composição mais conhecida da montagem que estreou em 1894 na Ópera Garnier, em Paris.

Massenet foi professor de Ernest Chausson, compositor de Concerto para Violino, Piano e Quarteto de Cordas opus 21, obra que encerra a segunda apresentação dos Quarteto em outubro. “Chausson teve uma vida curta e compôs pouco”, conta Jaffé, “mas é um importante representante do romantismo francês”.

As apresentações ocorrem na Sala do Conservatório, no 1º andar da Praça das Artes, às 20h. Os ingressos custam R$ 20,00 e podem ser comprados na bilheteria do Theatro Municipal ou pelo site Clique Aqui.

Sobre o quarteto


Foto - Clarissa Lambert
Fundado em 1935 por iniciativa de Mário de Andrade, inicialmente era chamado de Quarteto Haydn e buscava difundir a música de câmara e estimular compositores brasileiros a compor novo repertório para o gênero. O grupo passou a ser chamado de Quarteto de Cordas Municipal a partir de 1944, chegando à sua forma definitiva em 1981, como Quarteto de Cordas da Cidade de São Paulo.

O Quarteto apresenta-se constantemente no Brasil e no exterior, em eventos como a Feira do Livro de Frankfurt, na Alemanha, o Festival de Música de Zaragoza, na Espanha, e o Festival Internacional de Música de Morelia, no México. No Brasil, além da participação nos mais importantes festivais e cursos de música, desenvolveu projetos de estímulo a jovens instrumentistas por meio de concursos e de concertos didáticos em escolas da rede pública, universidades e escolas de música.

Em concertos comentados, o Quarteto apresenta o amplo repertório para a formação, inclusive o de vanguarda, promovendo o contato do público com todas as tendências e escolas de composição, como parte do projeto original do grupo, de fomento e formação de plateias. Em sete oportunidades o Quarteto de Cordas ganhou o prêmio de Melhor Conjunto Camerístico da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) e por três vezes o Prêmio Carlos Gomes.

Foto - Fabiana Stig

Serviços

Quarteto de Cordas toca Bach

Nelson Rios - violino
Marcelo Jaffé - viola
Rafael Cesário - violoncelo
Matheus Bitondi - arranjos


01. Cantata “Auf meinen lieben Gott”, BWV 136 | J. S. Bach
02. Cantata "Christ lag in Todesbanden", BWV 4: Den Tod | J. S. Bach
03. Partita para Violino Solo No. 2 em Ré menor, BWV 1004: Allemande | J. S. Bach
04. Coral “Christ lag in Todesbanden”, BWV 277 | J. S. Bach
05. Partita para Violino Solo No. 2 em Ré menor, BWV 1004: Corrente | J. S. Bach
06. Cantata, BWV 89: Coral “Mir mangelt zwar sehr viel” | J. S. Bach
07. Partita para Violino Solo No. 2 em Ré menor, BWV 1004: Sarabande | J. S. Bach
08. Paixão Segundo São João, BWV 245: Coral "Dein Will gescheh, Herr Gott zugleich" | J. S. Bach
09. Partita para Violino Solo No. 2 em Ré menor, BWV 1004: Giga | J. S. Bach
10. Cantata "Christ lag in Todesbanden", BWV 4: Den Tod | J. S. Bach
11. Jesu, meine Freude, BWV 358 | J. S. Bach
12. Partita para Violino Solo No. 2 em Ré menor, BWV 1004: Ciaccona (transcrição para quarteto de Cordas, órgão, coro e solistas) | J. S. Bach
13. Cantata, BWV 140: “Wachet auf, ruft uns die Stimme” | J. S. Bach
Betina Stegmann – violino

Convidados

Fernando Cordella - órgão
Marília Vargas - canto lírico barroco
Coro da Oficina de Música Antiga da Escola de Música do Theatro Municipal de São Paulo


Local - Sala do Conservatório - Praça das Artes
Endereço -  Av. São João, 281 - Centro - São Paulo
Capacidade - 
200 lugares
Duração - Aprox. 60 min.
Classificação indicativa - indicado para maiores de sete anos
Ingressos - R$ 20,00 (meia-entrada para aposentados, maiores de 60 anos, professores da rede pública e estudantes)
Não será permitida a entrada após o início da apresentação

Quarteto de Cordas toca Massenet & Chausson


Betina Stegmann - violino
Nelson Rios - violino
Marcelo Jaffé - viola
Rafael Cesário - violoncelo


Meditação da ópera Taïs - J. Massenet
Concerto para Piano e Violino op. 21 - E. Chausson

Convidados

Ronaldo Rolim - piano
Pablo de Leon - violino

Local - Sala do Conservatório - 
Praça das Artes
Endereço -  Av. São João, 281 - Centro - São Paulo
Capacidade - 
200 lugares
Data - Quinta-feira, 25 de outubro, 20h.
Duração - Aprox. 60 min.
Classificação indicativa - indicado para maiores de sete anos
Ingressos - R$ 20,00 (meia-entrada para aposentados, maiores de 60 anos, professores da rede pública e estudantes)
Não será permitida a entrada após o início da apresentação

Vendas na bilheteria do Theatro Municipal de São Paulo ou pelo site Clique Aqui.

Theatro Municipal de São Paulo
Endereço - Praça Ramos de Azevedo, s/n - República - São Paulo
Telefone 11 3053-2090

Comentários