O espetáculo 'O Som e A Sílaba' é indicado ao Prêmio Bibi Ferreira como Melhor Musical Brasileiro

As atrizes Mirna Rubim e Alessandra Maestrini. Foto: Priscilla Prade

Alessandra Maestrini, Mirna Rubim e Miguel Falabella também estão entre os finalistas pelo musical nas categorias Melhor Atriz, Atriz Coadjuvante, Direção e Roteiro Original

O espetáculo O Som e A Sílaba acaba de receber 5 indicações para o 6º Prêmio Bibi Ferreira, a mais tradicional premiação para musicais do país. Indicado como Melhor Musical Brasileiro, O Som e A Sílaba também está entre os finalistas com Miguel Falabella pela Melhor Direção e Melhor Roteiro Original; Alessandra Maestrini como Melhor Atriz e Mirna Rubim, como Melhor Atriz Coadjuvante. O Prêmio Bibi Ferreira será entregue no dia 25 de setembro, em local ainda a ser divulgado.

Foto: Priscilla Prade
Recheado com árias, duetos e trechos de óperas, todos interpretados ao vivo pelas artistas, o musical O Som e a Sílaba tem texto e direção de Miguel Falabella e foi concebido especialmente para Alessandra Maestrini e Mirna Rubim, duas cantoras atrizes com registro lírico. "Haja alegria!!! Que orgulho!!! Celebrar é preciso!!!", comemora Alessandra Maestrini, que acaba de retomar a turnê com o musical, que será apresentado neste final de semana em Belo Horizonte.

O Som e a Sílaba celebra o mistério da mente humana, com um texto terno, engraçado e comovente. O espetáculo conta a história de Sarah Leighton (Alessandra Maestrini), uma jovem com diagnóstico de autismo altamente funcional, uma savant, com habilidades específicas em algumas áreas, entre elas a música, e sua relação com Leonor Delise (Mirna Rubim), sua professora de canto. A música vai unir essas duas mulheres e esse encontro mudará a vida de ambas.

Sublime, tocante, emocionante, ri muito, de arrepiar... São alguns dos principais comentários que se ouvem ao final do musical, ou que chegam pelas redes sociais, do público maravilhado com o espetáculo, impressionado com as vozes de Alessandra Maestrini e Mirna Rubim. Recheado com árias, duetos e trechos de óperas, O Som e a Sílaba celebra o mistério da mente humana, com um texto terno, engraçado e comovente. 

"O espetáculo é todo muito gostoso e aproxima o público. É cheio de humor, como tudo que Miguel e eu gostamos de fazer. Ao mesmo tempo, é extremamente delicado, poético e transformador, dada a trajetória tão rica e profunda da personagem central, Sarah, e de como isto também transforma - para muito melhor - a vida de Leonor (a professora de canto interpretada por Mirna)", contaAlessandra Maestrini.

Ficha técnica

O Som e a Sílaba
Texto e direção - Miguel Falabella
Elenco - Alessandra Maestrini e Mirna Rubim
Design de luz - Wagner Freire
Design de som - Mario Jorge Andrade
Figurinos - Ligia Rocha e Marco Pacheco
Visagismo - Wilson Eliodorio
Cenário - Zezinho Santos e Turíbio Santos
Fotografia - Priscilla Prade
Diretor de criação - Marco Griesi
Designer - Kelson Spalato
Criação - TuaAgência
Operador de luz - Alessandra Marques
Operador de som - Mario Jorge Andrade
Cenotécnico - Isaac Tibúrcio
Camareira: Michele Vono
Assistente de produção e contrarregra - Marlon Bandarz e Eduardo William
Produtora assistente e captação de apoios - Carla Schvaitser
Produtora executiva - Marisa Medeiros
Direção de produção - Deco Gedeon
Realização - Maestrini Produções

Próximas Apresentações

11 e 12 de agosto - Belo Horizonte
17 de agosto - São Bernardo do Campo
18 de agosto - Jundiaí
31 de agosto - Marília
01 e 02 de setembro - Sorocaba