Homenagem a Arlindo Cruz no Sesc Vila Mariana

No show, Arlindinho, filho do cantor, apresenta os maiores sucessos do pai ao lado de Leci Brandão e Sombrinha

Foto - Wesley Cavalcante
Dias 11 e 12 de agosto, sábado às 21h e domingo às 18h, o Sesc Vila Mariana apresenta o show “Arlindinho canta Arlindo Cruz”. Nesta homenagem a Arlindo Cruz, seu filho, Arlindinho, apresenta músicas do repertório do pai e sobe ao palco acompanhado pela banda do lendário sambista, onde contará com a participação de Sombrinha, um dos maiores parceiros de Arlindo Cruz desde os tempos do Fundo de Quintal, no sábado, e da sambista Leci Brandão, no domingo.

Em 2017, pai e filho lançaram o álbum “2 Arlindos”, uma mistura de novos sambas e sucessos de Arlindo Cruz, projeto inspirado em uma ideia de sua esposa, a bailarina Babi. As músicas foram escolhidas de forma com que elas conversassem, dando preferência para letras que Arlindo Cruz tinha escrito e nunca gravado, aliadas a sambas que marcaram época, como “O show tem que continuar”, “Bom aprendiz”, “O papo é à vera”, “Dor de amor” e “Fogueira de uma paixão”. 

Os dois dividiram os palcos com o projeto durante dois anos, agora, há quase um ano, Arlindinho segue a turnê “2 Arlindos” sozinho. Mas, para esse show, ele convida duas grandes personalidades do samba para subirem ao palco nessa homenagem ao pai: Sombrinha, parceiro de Arlindo Cruz no Fundo de Quintal, e Lecy Brandão, parceira de rodas de samba no Cacique de Ramos.

Sobre Arlindinho

Foto - Bruno Henrique
Arlindo Neto, o terceiro Arlindo da mesma família, nasceu prematuramente no dia de Santa Cecília, protetora dos músicos. Ainda na infância preferia os instrumentos de percussão, tal qual o seu tio e padrinho Acyr Marques, tocando tantã e repique com a mão esquerda. Em seguida despontou a sua paixão por samba-enredo que ouviu desde o berço, por ter sempre acompanhado a sua mãe Babi, até hoje grande referência na arte de porta-bandeira. Assim, Arlindo Neto descobriu que o seu destino seria seguir os passos do pai, cumprindo a difícil tarefa de compor, tocar e interpretar a música mais popular do nosso Brasil: o samba.

Serviço

Arlindinho canta Arlindo Cruz
Com participações de Sombrinha (11 de agosto) e Leci Brandão (12 de agosto)
Datas -  11 e 12 de agosto
Horário - sábado às 21h. domingo às 18h
Local - Sesc Vila Mariana - Teatro
Endereço - Rua Pelotas, 141 - Vila Mariana - São Paulo
Capacidade - 620 lugares
Duração - 90 minutos
Não recomendado para menores de 12 anos

Ingresso
R$ 40,00 (inteira), R$ 20,00 (aposentado, pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e servidor de escola pública com comprovante), R$ 12,00 (trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculados no Sesc e dependentes/Credencial Plena).

Bilheteria - Terça a sexta-feira, das 9h às 21h30; sábado, das 10h às 21h; domingo e feriado, das 10h às 18h30 (ingressos à venda em todas as unidades do Sesc).

Horário de funcionamento da Unidade: Terça a sexta, das 7h às 21h30; sábado, das 9h às 21h; e domingo e feriado, das 9h às 18h30.

Central de Atendimento (Piso Superior – Torre A): Terça a sexta-feira, das 9h às 20h30; sábado, domingo e feriado, das 10h às 18h30.

Estacionamento
R$ 5,50 a primeira hora + R$ 2,00 a hora adicional (Credencial Plena: trabalhador no comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes). R$ 12,00 a primeira hora + R$ 3,00 a hora adicional (outros). 200 vagas.

Informações 11 5080-3000 sescsp.org.br