Instituto Accordes: 10 anos oferecendo educação musical gratuita

Instituição beneficente forma cantores e músicos eruditos em São Paulo


Foto - Divulgação

Em 2018, o Instituto Accordes celebra 10 anos. O projeto, um programa de inclusão social para crianças e adolescentes da rede pública de ensino, surgiu em 2008 com o intuito de transformar a vida de jovens pela prática de música erudita. Compartilhando os mesmos propósitos, agora música e arte caminham juntas em uma nova parceria. Para celebrar o aniversário da instituição, o artista plástico Osmar Beneson foi convidado para criar uma série de gravuras que estamparão uma linha especial de acessórios e presentes do Instituto. 

As gravuras criadas pelo artista paulista Osmar Beneson, nome forte e reconhecido no universo da arte contemporânea brasileira, são inspiradas na música e seus elementos. “Eu fiquei muito feliz quando recebi o convite para contribuir com o Accordes. Foi perfeito porque sempre busquei algo dançante, musical, figuras contracenando na tela. E crianças sempre fizeram parte do meu universo de trabalho, minha pesquisa é minha própria infância. Acredito muito na força da música e como podemos nos tornar melhores através dela. Estou muito orgulhoso de poder participar dessa comemoração, como artista sinto-me privilegiado. Foi um presente me dedicar a esse trabalho”, comenta Osmar. 

Beneson já desenvolveu desenhos e gravuras para diversas marcas e instituições, como a editora Cia das Letras, elaborou desenhos de superfície para Tok Stok e litogravuras para Almavera. Por meio de cores expressivas, grafismos e figuras geométricas, suas obras são caricatas e únicas. Seu trabalho entrou no mercado de design de móveis, objetos decorativos e projetos arquitetônicos. Com cores e traços fortes, de estilo particular, o artista produz pinturas, gravuras, esculturas, colagens, recortes em madeira, estamparias, tapetes, cerâmicas, peças em metal e resina. 

As obras já estão estampando camisetas, que podem ser compradas pela página do projeto no Facebook. Em breve, estarão disponíveis bolsas, canecas e outros acessórios, que serão vendidos também durante as apresentações que as crianças realizam pela capital paulista. Toda a renda obtida será integralmente revertida para o Accordes que, ao longo desses dez anos, se mantém somente com doações e ações beneficentes. 

Para Gizelle da Silva Costa, a ideia de elaborar os acessórios veio da vontade de comemorar um trabalho que possui uma trajetória que já passou por muitos obstáculos. “Temos muito orgulho de termos histórias de superação e de novas perspectivas, um estimulo para seguirmos em frente. O trabalho do Beneson tem leveza e colorido e é possível sentir nas obras desenvolvidas uma sinestesia com a nossa música e nossos valores”, ressalta Gizelle. 

No Instituto, os alunos recebem aulas de Instrumentos de Cordas, Canto Coral, Musicalização Infantil ou Percepção Auditiva com professores qualificados e voluntários. Muitos dos alunos são hoje músicos ou educadores em importantes instituições da cidade. 

O Instituto Accordes, ao longo de uma década, alcançou mais de 100 alunos que já passaram pela iniciativa e foram impactados positivamente de algum modo. Atualmente, os participantes têm entre 06 e 19 anos e são aceitos no projeto somente os que estão regularmente matriculados no Ensino Fundamental e/ou Médio da rede pública de educação. Mais do que simplesmente aprender a tocar um novo instrumento, o ensino coletivo e sua prática trabalham disciplina, cidadania, elevação da autoestima e inclusão social da criança e do adolescente.

Formas de contribuição




O Instituto Accordes aceita doações em dinheiro via depósito bancário (pontuais ou anuais) e em forma de instrumentos, alimentos, roupas, entre outros. É possível também apadrinhamento dos estudantes, com contribuições a partir de R$ 50,00 por mês por aluno. Mais informações pelo telefone (11) 3284-4533 ou na página do Facebook (Clique Aqui).



Comentários