Ana e Vitória: o amor e seu lugar nos tempos atuais

Com roteiro e direção de Matheus Souza, protagonizado pelo duo Anavitória, o filme faz sua estreia nacional no dia 02 de agosto


Fotos Divulgação

Com distribuição da Galeria Distribuidora e produção da F/SIMAS, “Ana e Vitória” é uma comédia romântica musical sobre relacionamentos modernos, que apresenta Ana Caetano e Vitória Falcão, do duo Anavitória, como protagonistas.




Escrito e dirigido por Matheus Souza, (“Apenas o Fim” e “Tamo Junto”), a partir de um argumento original do empresário e “descobridor” das cantoras, Felipe Simas, o filme faz sua estreia nacional no dia 02 de agosto.

Segundo o diretor e roteirista, a temática principal do filme é o amor e seu lugar nos tempos atuais, que envolvem sentimentos atemporais e universais. As personagens Ana e Vitória fundem as personalidades reais das duas cantoras com toques do humor moderno. “Independentemente da idade de quem assista, o espectador vai ouvir no filme alguma fala que já disse na vida e pensar ‘eu já fui essa pessoa’”, comenta Matheus Souza.



Inspirada em acontecimentos reais, a narrativa acompanha dois anos na história das meninas Ana e Vitória - do momento em que se conhecem em uma festa e decidem cantar juntas à consagração absoluta no mercado de música pop nacional. A trama de autoficção se desenrola por meio de crises e encantamentos, além de relacionamentos amorosos sempre sob a ótica da juventude contemporânea.

Felipe Simas, que idealizou o longa a partir de seu convívio com as meninas na estrada, quis mostrar o quão especiais são Ana e Vitória. “Fico encantado com a naturalidade com que elas encaram o dia a dia no trabalho. Além de extremamente talentosas, dedicadas e profissionais, estão sempre dando um jeito de viver a vida com toda a intensidade típica dos seus 20 e poucos anos”, diz o empresário e produtor executivo do filme, enfatizando que não se trata de um filme sobre os jovens, mas sim para os jovens.

As protagonistas são engraçadas e estão muito à vontade no filme. Porém, "o longa é um pouco longo", com várias cenas facilmente descartáveis. Mas vale a pela conferir, principalmente pelo entrosamento do elenco e trilha sonora impecável.

Ficha técnica




Ana e Vitória. 
Gênero - Comédia Romântica Musical
Participações Especiais - Gabriela Nunes, Mariana Nolasco, Nina Fernandes, Jade Baraldo, Bárbara Dias, Mike Tulio, Guto Oliveira e Gabriel Gonti
Roteiro e direção - Matheus Souza
Produção executiva - Felipe Simas
Trilha sonora original - Anavitória
Direção musical - Rafael Langoni Smith e Tiago Iorc
Duração - 115 minutos.
Produção: F/Simas
Distribuição - Galeria Distribuidora
Data de estreia - 02 de Agosto de 2018



Elenco

Elas são Elas:  Vitória Falcão é Vitória e Ana Caetano é Ana






Ana e Vitória estudaram na mesma escola em Araguaína (TO), embora na época ainda não cantassem. Em 2013, já universitárias - Ana cursava medicina e Vitória direito -, passaram a gravar vídeos interpretando canções de seus artistas favoritos. Em 2014, as garotas foram descobertas por Felipe Simas, após enviarem a ele um vídeo interpretando a música Um Dia após o Outro, de Tiago Iorc, cantor cuja carreira é gerenciada por Simas.


Felipe logo as convidou para gravarem um EP e chamou Tiago para produzir esse trabalho. Juntos, Iorc e Simas batizaram o duo de Anavitória. O primeiro disco do duo foi lançado em 2015 e chegou a marca de 80 mil cópias vendidas, recebendo um disco de platina pelo feito.


O duo recebeu duas indicações ao Grammy Latino 2017: Melhor Álbum Pop em Língua Portuguesa e Melhor Canção em Língua Portuguesa. Saindo vencedor em uma delas: Trevo (tu) foi eleita a Melhor Canção do Ano.

Além de Trevo (tu), as canções Fica, parceria com Matheus & Kauan, e Linda, com Projota, estão em alta rotatividade em rádios e plataformas digitais.

Clarissa Müller - Cecília




Digital influencer, tem na música seu maior hobby. Quem a acompanha pelo Instagram pode ver umas palinhas nos vídeos curtinhos que ela costuma postar. Ela curte e canta de tudo, de jazz à rock.

E foi um desses vídeos que chamou atenção de Felipe Simas, idealizador e produtor executivo do longa “Ana e Vitória”. Simas não hesitou em logo chamá-la para um teste de elenco do filme. Na faculdade, Clarissa tentou os cursos de Psicologia e Direito, mas foi pelo curso de Relações Internacionais que se apaixonou porque, segundo ela, sempre amou tudo que envolve relações sociais e a natureza humana.

E talvez tenha sido por isso que ela se enveredou de vez pelo mundo das artes. Logo após o término das filmagens de “Ana e Vitória”, Clarissa fez uma pequena participação em “Malhação”, novela teen da TV Globo. Recém contratada para integrar o casting de talentos da F/Simas, Clarissa deve, muito em breve, ser também lançada como cantora.



Bruce Gomlevsky - Felipe




Bruce Gomlevsky nasceu na cidade do Rio de Janeiro. Desde cedo se interessou por interpretação. Começou a atuar em peças escolares e teatro amador. Formou-se na Casa de Arte das Laranjeiras - Cal e chamou a atenção por sua atuação no curta Cão Guia (1999), de Gustavo Acioli, sendo premiado como Melhor Ator no Festival de Brasília.

Seu primeiro trabalho em um longa aconteceu em Lara (2002), de Ana Maria Magalhães. Ficou conhecido pelo grande público brasileiro por seus trabalhos como coadjuvante em grandes obras do cinema nacional como: Deus é Brasileiro (2003), Chico Xavier (2010) e Elis (2016). Também é reconhecido por interpretar o músico Renato Russo na série Por Toda Minha Vida (2007), da Rede Globo.

Thati Lopes - Isadora


Thatiane Lopes nasceu no Rio de Janeiro e começou a carreira de atriz e cantora após a morte da mãe, aos 10 anos. Aos 13 ganhou o prêmio de Melhor Atriz no Festival de Teatro ARK X, de Niterói.




Destacou-se como a protagonista Gabi do musical Tudo por um Pop Star e integrou o elenco de espetáculos como: Confissões de Adolescentes, O Meu Sangue Ferve por Você, Se Eu Fosse Você - O Musical e Era Pra ser Um Stand Up.

A fluminense, de São Gonçalo, está desde o início no elenco do Porta dos Fundos, primeiro fazendo participações e, depois da saída de Letícia Lima, tornou-se fixa. Uma das séries mais populares dentro do canal, chamada “Viral”, contou com a participação da atriz.

Também fez as novelas O Mutante, da Rede Record, Boogie Oogie, da Rede Globo e a série O Grande Gonzalez, da FOX. Seu primeiro longa foi Contrato Vitalício (2016), produzido pela equipe da produtora Porta dos Fundos.

Fez o Rock in Rio - O musical cantando e contando a história do Rock In Rio dentro do próprio festival em 2015, no Rio e, em 2016, no festival em Lisboa.

Érika Mader - Yasmin





Atriz carioca, estudou história na PUC-Rio. Começou a estudar teatro na escola “O Tablado”, por indicação da tia, a também atriz Malu Mader.

Com 20 anos, estreou na televisão na minissérie da HBO Mandrake (2005), de José Henrique Fonseca, onde contracenou com Marcos Palmeira. No ano seguinte, fez seu primeiro trabalho no cinema, O maior amor do mundo (2006), de Carlos Diegues.

Em 2007, mudou-se para Nova York, onde morou por um ano apresentando o programa Lugar Incomum, do Multishow.Também atuou em Podecrer! (2007), de Arthur Fontes, Meu nome não é Johnny (2009), de Mauro Lima e Apenas o fim (2008), de Matheus Souza, em que foi protagonista ao lado do ator Gregório Duvivier.









Bryan Ruffo - Bruno







Bryan Ruffo mora em São Paulo e é ator e roteirista. Trabalhou em comerciais e em outras produções como os filmes “Tim Maia”, “Loucas pra Casar”, “Linha de Passe” e a série “Morando Sozinho”.Graduado em Artes Cênicas pela Escola de Artes Célia Helena, estudou no conservatório Stella Adler, em Nova York, e no The Second City Hollywood, em Los Angeles.Ganhou o Prêmio de Melhor Ator de Comédia do Rio WebFest 2017.

















Caíque Nogueira -Thiago 








Caíque Nogueira participou da coluna Colírios da revista Capricho e estrelou o reality show Vida de Garoto, na MTV, junto com Dudu Surita e Federico Devito. Atualmente, ele é ator, roteirista e apresentador da websérie do Multishow Versus - Batalha Musical, a primeira série exclusiva para as plataformas digitais do canal voltada para o público jovem.

Participou do programa TV Xuxa e da primeira temporada da série Amor Veríssimo, do GNT. Atuou em Malhação e em Sol Nascente e fez participações nas novelas globais Sangue Bom e Amor à Vida.















 Victor Lamoglia - Ricardo Guilherme











A estreia de Victor Lamoglia no teatro foi em 2004, quando atuou em O Menino Maluquinho, de Ziraldo, sob direção de Alice Reis. Ainda nos palcos, passou por obras como O Beijo no Asfalto, de Nelson Rodrigues; Eu Sou João Gustavo, de Lucas Salles; Conto de Verão, de Domingos Oliveira e Deu Branco.

Na televisão, fez participações especiais em A Grande Família, As Canalhas e Desenrola Aí. No cinema, atuou em Carlinhos e Carlão (2018), Missão Cupido (2018), Ela é o Cara (2018) e Gaby Estrella (2018).Também é integrante do segundo maior canal de humor do Brasil, o Parafernalha, com mais de 726 milhões de visualizações.










Hamilton Dias - Hamilton



Hamilton Dias é ator formado em teatro pela escola O Tablado e também é humorista. Fez alguns trabalhos para o canal de TV pago MultiShow, e é parte do elenco do espetáculo de improviso 5 Contra Nem 1 - único ator que está no projeto desde o início, em 2011.

No longa Ana e Vitória, Hamilton interpreta um super fã que ganha um concurso para passar um tempo com a dupla.

Sobre a trilha sonora


  • A trilha sonora apresenta canções inéditas do duo Anavitória. Ana, Vitória e Cecília (personagem de Clarissa Müller) se revezam nas interpretações.
  • Ana foi a responsável pela composição de todas as nove canções originais do filme, sendo duas delas em parceria com Mike Tulio (do duo OutroEu) e uma com Tiago Iorc.
  • O número inicial do filme (Canção de Hotel) tem participações especiais do duo OutroEu (Mike Tulio e Guto Oliveira), das cantoras Nina Fernandes, Jade Baraldo e Bárbara Dias e do cantor Gabriel Gonti.
  • A cantora Mariana Nolasco é uma das convidadas especiais e aparece no filme interpretando trecho da música “Espalhe Amor”.
  • O compositor, arranjador e pianista Rafael Langoni Smith dividiu a Direção Musical do filme com o cantor Tiago Iorc. Langoni - que é graduado pela UFRJ em Composição e Mestre pela West Virginia University - é, atualmente, produtor musical da TV Globo, onde escreve trilhas sonoras para novelas e séries. Já Tiago é autor e intérprete do megahit Amei Te Ver e foi laureado em 2017 com o Grammy Latino de “Melhor Álbum Pop em Língua Portuguesa pelo disco Troco Likes Ao Vivo.

Comentários

Portal Primus FM: fique por dentro