Ouro Preto comemora 320 anos com mostra de cinema

Cena do Longa-metragem O AtalanteFoto - Divulgação  
Cidade, que recebe a 13ª CineOP – Mostra de Cinema de Ouro Preto entre os dias 13 e 18 de junho, festeja também os 80 anos do tombamento pela Unesco e os 280 anos de nascimento de Aleijadinho

Ouro Preto tem diversas razões para festejar em 2018, decretado oficialmente como Ano do Patrimônio Cultural. Este ano, o município, palco de acontecimentos políticos e culturais cruciais para a história do país, completa importantes efemérides: 320 anos da chegada de Antônio Dias, bandeirante paulista fundador do arraial que deu origem à cidade; 80 anos de tombamento, pela Unesco; e 280 anos do nascimento de Aleijadinho, patrono das artes brasileiras, um de seus filhos mais ilustres.

Cenário de diversas produções cinematográficas, como “Os Inconfidentes” e “O Aleijadinho”, ambos dirigidos pelo cineasta Joaquim Pedro de Andrade (1932-1988), ícone do Cinema Novo, a cidade ganha, anualmente, um reforço de sua aura cinematográfica. Isso porque, há 13 anos, é realizada a CineOP – Mostra de Cinema de Ouro Preto, uma das principais mostras de cinema do país. Este ano, o evento acontecerá entre os dias 13 e 18 de junho e promete atrair um público de aproximadamente 15 mil pessoas.

Também são esperados convidados internacionais, especialistas, pesquisadores, educadores, cineastas e demais personalidades ligadas à sétima arte, para prestigiar uma programação intensa e gratuita, composta por filmes em pré-estreias, retrospectivas e mostras temáticas, debates, oficinas, exposição, lançamento de livros, cortejo e shows musicais

A CineOP ocupa cartões postais como o Centro de Artes e Convenções (Cine-Teatro, plateia de 510 lugares); o Cine Vila Rica (600 assentos); e a Praça Tiradentes, que recebe a instalação de um cinema ao ar livre, com 1000 lugares e uma privilegiada visão de todo o casario colonial característico da cidade.

“Único evento do circuito de mostras e festivais a enfocar o cinema como patrimônio, a CineOP se destaca nacionalmente como um fórum privilegiado da preservação em diálogo com a educação. É um instrumento de discussões, reflexões e encaminhamento de ações sobre a preservação do patrimônio audiovisual brasileiro, em um cenário que remete diretamente à memória e à história”, explica Raquel Hallak, diretora da Universo Produção e coordenadora geral do evento.

“A CineOP é um dos mais importantes eventos culturais, turísticos e educacionais que acontecem em Ouro Preto e, este ano, com uma expectativa ainda maior por parte da população e do poder público, tendo em vista que faz parte da chancela do Ano do Patrimônio Cultural. Precisamos destacar que este é o único evento do país voltado para a preservação do patrimônio audiovisual, o que desperta também o interesse dos milhares de turistas que recebemos, a cada edição, para participar de suas atividades. Em resumo, é um evento que alia cultura, preservação, educação e um grande incremento da atividade turística”, destaca o secretário de Cultura e Patrimônio, Zaqueu Astoni.

Comentários

Portal Primus FM: fique por dentro