Grátis - IED SP: Fundação Hermannn abre inscrições para o Trama Afetiva 2018

Trama Afetiva 2017.  Foto - Divulgação

Projeto, que objetiva o fomento da economia afetiva, irá selecionar 10 estudantes e profissionais que apostam em processos colaborativos e sustentáveis nas áreas de moda e design.


Com inscrições abertas no período de 20 de junho a 20 de julho de 2018, a Fundação Hermann Hering lança a 2ª edição do TRAMA AFETIVA - Experiência colaborativa em upcycling, projeto que objetiva desenvolver o potencial técnico, criativo e empreendedor de 10 participantes previamente selecionados com interesse em novos processos colaborativos e sustentáveis de moda e design a partir de resíduos têxteis gerados pela Cia. Hering.

A seleção atende critérios de criatividade, envolvimento com o tema e comprometimento com o projeto, bem como com as necessárias políticas de acesso: pelo menos 01 (um) participante de programas sociais, educativos ou sócio empreendedores com foco em sustentabilidade. 

"Afirmamos a nossa compreensão de que a qualidade das discussões e criações será alcançada somente com uma turma diversa, que contenha diferentes histórias, experiências e pensamentos e que inclua participantes de diferentes contextos”, diz Jackson Araújo, diretor criativo do projeto. O resultado final da análise dos portfólios inscritos será divulgado no dia 25 de julho, quando serão conhecidos os 10 nomes selecionados pela direção criativa do projeto.

Sob orientação de reconhecidos designers-tutores dos segmentos de moda e design, como Alexandre Herchcovitch (À La Garçonne), Marcelo Rosenbaum (Instituto A Gente Transforma) e Itiana Pasetti (Revoada), os selecionados serão qualificados para criar uma linha composta de 10 a 15 produtos, desenvolvidos a partir da ressignificação de malhas de algodão provenientes de antigos estoques ou resíduos têxteis gerados pela Cia Hering, que será confeccionada com o suporte técnico do grupo produtivo Cardume de Mães.


“A moda é nossa plataforma e a transformação social, na visão da Fundação Hermann Hering, se dá quando ousamos, colaboramos e compartilhamos. E assim, unindo passado e presente, seguimos com o desafio de tecer um futuro melhor, mais digno e ético para todos”, declara Amélia Malheiros, gestora da Fundação Hermann Hering.


O resultado do projeto, que conta com direção criativa e de conteúdo de Jackson Araujo e Luca Predabon, será apresentado ao público no dia 6 de setembro de 2018, no encerramento do módulo de prototipagem Oficina Trama, que acontecerá durante o mês de agosto e início de setembro, em São Paulo. Além dos envolvidos, a apresentação contará com a presença de representantes da Fundação Hermann Hering, Cia. Hering e parceiros Epson e IED São Paulo e, além dos protótipos finalizados, fará um passo a passo do processo criativo trazendo moodboard conceitual, croquis e modelagens.

Durante a dinâmica, os 10 selecionados participarão de conversas inspiracionais e workshops com temas inovadores apresentados por profissionais que se destacam na utilização dos conceitos da economia criativa como “Artesão Urbano – Identidade e Manufatura” (Marcelo Rosenbaum), "Estamparia Digital” (Epson), “Design Vital – A câmara de pneu e o náilon de guarda-chuvas reinventados no processo circular” (Itiana Pasetti e Adriana Tubino/Revoada), “Tingimento Natural Têxtil no Contexto Contemporâneo” (Flavia Aranha e "Processo Criativo em Upcycling” (Agustina Comas).

“A Epson apoia o desenvolvimento da indústria têxtil no Brasil e acredita que o futuro é tecnológico e sustentável. A mudança da confecção analógica para a digital significa processos cada vez mais sustentáveis, com menos desperdício de resíduos e mais aproveitamento dos materiais usados na produção", atesta Evelin Wanke, Gerente de Vendas da Epson. “Nossa participação neste projeto reforça o compromisso que temos de evoluir e, ao mesmo tempo, preservar o meio ambiente", conclui.

De forma a, cada vez mais, democratizar e ampliar a visibilidade dos conceitos da economia criativa, que estimula o compartilhamento de processos sustentáveis e colaborativos, e também apontar novos caminhos para a cultura de moda e design, esta edição traz como novidade o Seminário “Design Para Um Mundo Melhor”, que abre oficialmente o Trama Afetiva  2018, no Instituto Europeo di Design (IED São Paulo), no dia 08 de agosto, das 9h às 17h, e contará com a participação de especialistas que apresentarão suas atividades dentro dos segmentos de moda, design, artes plásticas, gastronomia e ativismo tendo como principal abordagem a Economia Afetiva – uma perspectiva de mercado pautada pelo poder do coletivo para a construção de processos mais inclusivos, horizontais e colaborativos. Gratuito e aberto ao público em geral, o Seminário será composto pelos seguintes temas e especialistas:
  • Economia Afetiva - Jackson Araujo e Luca Predabon
  • A Moeda da Dissidência - Andrea Bisker (Stylus)
  • Cruzar, Colidir, Explodir - Claudio Bueno (Explode!)
  • Lixo ou Desperdício? Dani Leite (Comida Invisível), Peri Pane (Homem Refluxo), Roger Koepll (YouGreen) e Herculânia Reis (Cardume de Mães)
  • #ModaProNovoMundo: Alexandre Herchcovitch, Itiana Pasetti e Amelia Malheiros (Fundação Hermann Hering)
Trama Afetiva é composta por um amplo cronograma que inclui painéis de debate, aulas abertas, oficinas e visita técnica, além da produção de uma publicação - Economia Afetiva: Aprendizado para o Futuro -, voltada para a aprendizagem colaborativa sobre design, moda e empreendedorismo em upcycling (processo de transformar resíduos e artigos inúteis ou descartáveis em novos materiais ou produtos com maior valor agregado e novas possibilidades de utilização).

Além da publicação impressa do conteúdo, a ser distribuída em escolas e bibliotecas do Sistema S, o público interessado na Economia Afetiva como ferramenta de transformação econômica poderá fazer o download gratuitamente, assim como acompanhar todo o projeto através dos painéis e aulas abertas e pelas transmissões via streaming nas redes sociais da Fundação Hermann Hering.


Fato que consolida a importância da economia criativa no país foi a criação, pelo Ministério da Cultura, da Secretaria da Economia Criativa e pelo lançamento do Plano da Secretaria da Economia Criativa que colabora para a valorização do intangível e do simbólico como elementos estruturantes da economia. Segundo dados da Economia Criativa no Estado de São Paulo, de julho de 2016, o setor corresponde a cerca de 349 mil pessoas, 5,1% da massa salarial e 3,75% do PIB total do Estado, sendo que 45% do PIB gerado pela economia criativa no Brasil tem origem em São Paulo.

Cronograma Trama Afetiva 2018

Datas
20 junho a 20 de julho: Inscrições
25 de julho - Divulgação dos 10 profissionais/estudantes selecionados
08 de julho - Abertura oficial do Trama Afetiva 2018 - Seminário “Design para um Mundo Melhor”- Istituto Europeo di Design (IED São Paulo)
06 de setembro - Apresentação dos produtos desenvolvidos e do processo criativo - Oficina Trama – SP

Clique aqui para mais informações e inscrições

Comentários

Portal Primus FM: fique por dentro