Turma da Mônica e Centro de Tradições Nordestinas homenageiam Rachel de Queiroz


Escritora entra para a lista de inspirações do projeto Donas da Rua, com pôster lançado no evento "Ninguém Segura Essas Marias" para comemorar o mês das mulheres no CNT

A Mauricio de Sousa Produções e o Centro de Tradições Nordestinas se reúnem para homenagear uma das mulheres mais importantes da literatura brasileira: Rachel de Queiroz. Nascida em Fortaleza, Rachel foi a primeira mulher a entrar na Academia Brasileira de Letras.

Além de escritora, Rachel se dedicou ao jornalismo, à educação, ao teatro, à política e traduziu mais de 40 obras para o Português. Seus feitos a tornaram a segunda mulher a receber o Prêmio Machado de Assis, concedido pela Academia Brasileira de Letras, em reconhecimento ao conjunto de sua obra.

Com uma obra tão rica e tantas contribuições a cultura brasileira, Rachel entra para a galeria de mulheres inspiradoras da História no projeto Donas da Rua, que trabalha a autoestima das meninas e seu direito a oportunidades. Rachel de Queiroz será representada pela personagem Mônica, Dona da Rua em pessoa, e terá sua biografia incluída na plataforma do projeto.

Para o lançamento da homenagem, o Centro de Tradições Nordestinas imprimiu cinco mil pôsteres que serão distribuídos no local nos dias 10 e 11 de março, durante o evento “Ninguém Segura Essas Marias”, que contará com uma série de ações e palestras gratuitas com temas pertinentes ao universo feminino e seu empoderamento na sociedade moderna. 

Comentários


Fque por dentro