Editora Melhoramentos e CCSP comemoram 50 anos de o Meu Pé de Laranja Lima


Com mediação de Cadão Volpato e ao lado da jornalista Maria Fernanda Rodrigues, o escritor Luiz Antonio Aguiar comentará sobre a obra, sucesso na TV, no cinema e no exterior

Neste ano, o livro que encantou gerações com a história de Zezé, “um meninozinho que um dia descobriu a dor…”, completa 50 anos. Para comemorar a data, a Editora Melhoramentos e o Centro Cultural São Paulo (CCSP) convidam o público para uma conversa sobre a importância da obra de José Mauro de Vasconcelos. 

No evento, que acontecerá no dia 28 de março às 19h30, apaixonados pela literatura poderão discutir a relevância do livro na literatura infantojuvenil, seu sucesso também na TV e no cinema, além de curiosidades e outros aspectos interessantes da obra. Mediada por Cadão Volpato, diretor do CCSP, a conversa contará ainda com a presença de Luiz Antonio Aguiar, criador do suplemento de leitura e das notas da edição comemorativa, e da jornalista Maria Fernanda Rodrigues, do Estado de S. Paulo.

O Meu Pé de Laranja Lima foi lançado pela Editora Melhoramentos em 1968 e, desde então, conta com mais de 150 edições no Brasil e 2 milhões de exemplares vendidos. É o livro brasileiro com o maior número de traduções para outras línguas, totalizando 15 idiomas e estando presente em 23 países. 

Para celebrar seus 50 anos, a obra está de roupa nova. A edição especial ganhou capa dura e novo projeto gráfico, com ilustração de capa de Laurent Cardon. Informações sobre o livro, o autor e o contexto histórico da narrativa são novidades, bem como as notas de rodapé elaboradas pelo escritor Luiz Antonio Aguiar. Sucesso atemporal, O Meu Pé de Laranja Lima promete encantar todas as gerações.

Sobre o autor
Mais conhecido pelo livro O Meu Pé de Laranja Lima, José Mauro de Vasconcelos (1920 – 1984) tem uma história fascinante. Ainda menino, trocou Bangu, no Rio de Janeiro, pela cidade de Natal, no Rio Grande do Norte, onde foi morar com os tios. Lá, treinava natação no Rio Potengi e sonhava em ser campeão. Mas a vida o levou por muitos outros caminhos. Estudou Medicina, foi jornalista, radialista, pintor, treinador de boxe, pescador, garçom e até estivador. Jovem ainda viajou com os irmãos Villas-Boas, sertanistas e indigenistas brasileiros, em expedição no sertão do Araguaia, no Centro-Oeste do Brasil. Com seu porte de galã, teve ainda atuação de destaque como ator em diversos filmes e novelas.

Toda essa experiência contribuiu para sua produção como escritor, que inclui 22 livros, entre romances e contos, que tiveram destaque não só o Brasil, mas em outros países, como Alemanha, Argentina, Holanda, Hungria, Inglaterra, Suíça e Noruega. Sua obra mais famosa, O Meu Pé de Laranja Lima, foi escrito em apenas 12 dias. “Porém, estava dentro de mim havia anos, havia 20 anos. Quando a história está inteiramente feita na imaginação é que começo a escrever. Só trabalho quando tenho a impressão de que o romance está saindo por todos os poros do corpo. Então, vai a jato”, costumava explicar José Mauro.

Ficha técnica
Obra - O Meu Pé de Laranja Lima
Autor - José Mauro de Vasconcelos
Número de páginas - 232

Serviço
Dia 28/3, às 19h30
Duração - 120 min - Classificação livre
CCSP - Espaço Mário Chamie (Praça das Bibliotecas)
Endereço - Rua Vergueiro, 1000
Gratuito - sem necessidade de retirada prévia de ingressos.

Comentários