Time after time capsule - a cápsula do tempo de Sebastian Masuda

Foto - Divulgação
A cápsula, que já percorreu países como Estados Unidos, França e Inglaterra, faz uma pausa em 2020, nas Olimpíadas de Tóquio, para então começar a sua viagem de retorno aos países visitados, a partir de 2035

Chega ao Brasil no próximo dia 20 de janeiro a missão do diretor de arte e artista plástico japonês Sebastian Masuda. Denominada Time after Time Capsule, a cápsula do tempo tem viajado pelo mundo desde 2014, com o objetivo de difundir a cultura japonesa, em especial a chamada cultura kawaii. 

Trata-se de um movimento bastante popular no mundo inteiro, inclusive no Brasil, de compartilhar o amor por meio desta cultura pop, na qual cores, formas, objetos, figurinos e acessórios infantis resgatam a inocência, a pureza e a alegria de adeptos de todas as idades. Para Masuda, sua cápsula do tempo é um projeto participativo global, que convida as pessoas a compartilhar o amor em uma série de atividades, abertas a todas as pessoas, independentemente de sexo, idade, origem ou nacionalidade. 

Foto - Divulgação
"Ao conhecer que uma parte das novas gerações no mundo cultuam a cultura de Harajuku fervorosamente, constatei que esse fato ultrapassa fronteiras de países, etnia e gênero, e que é um conceito indispensável para a atualidade", revela Masuda, sobre sua motivação para o projeto. 

A cada parada, são promovidos workshops e diversas atividades ao redor de um enorme personagem transparente elaborado especialmente para esta ocasião. Ao longo do dia, os participantes poderão participar de uma palestra ministrada por Sebastian Masuda, e depois terão à sua disposição papéis, canetas coloridas e diferentes materiais para produzir, em um workshop, cartas decoradas, que serão inseridas na escultura gigante. O conteúdo contido nas cartas será direcionado a seus próprios autores, que no futuro terão a oportunidade de rever suas mensagens. 

Foto - Divulgação
Isso porque, após percorrer diversos países, a cápsula retorna ao Japão em 2020, permanecendo em Tóquio durante a realização dos Jogos Olímpicos. A partir de 2035, as cápsulas iniciarão uma viagem de retorno, para reencontrar, em cada país onde havia estado, os participantes de cada um dos eventos e devolver-lhes suas cartas, para que possam relembrar as mensagem ali deixadas. 

Até 2020, terão recebido as cápsulas do tempo de Sebastian Masuda, além do Brasil, as cidades norte-americanas de Miami, Nova Iorque, Seattle, Washington DC, São Francisco, Los Angeles e Alasca, e também Paris, Londres, Cingapura, África do Sul (Cidade do Cabo), Angola e Bolívia.

A cultura Kawaii no Brasil 
Uma de suas mais recentes passagens com a cápsula do tempo, Sebastian Masuda esteve na África, em Angola. A passagem surpreendeu o artista pela quantidade de informações que os residentes locais tinham sobre o Japão e a cultura pop, por meio do acesso à internet, principalmente por sites brasileiros.
Esta popularidade no Brasil também pode ser percebida por Masuda pelas visitas de brasileiros à sua loja, 6%DOKIDOKI, em Harajuku, bem como pelas mensagens que recebe no Facebook.
"Há algum tempo sabia que a cultura Kawaii é popular na América do Sul, no entanto ainda não havia tido oportunidade de visitar esses países. Agora, com a minha nomeação como Embaixador da Cultura, visitarei o Brasil para verificar a comentada popularidade com meus próprios olhos." 
Esta será a sua primeira vinda ao país, e sua expectativa com a realização da palestra e do projeto de arte é que os brasileiros tenham a oportunidade de se aproximar do Japão, mais e mais.

Sebastian Masuda 
O diretor de arte e artista plástico Sebastian Masuda nasceu em 1970, na província de Chiba, no Japão. Após atuar no universo do teatro e da arte contemporânea, inaugurou em 1995, em Harajuku, a "6%DOKIDOKI", uma loja de temática Kawaii. 
Em 2009, iniciou a turnê internacional "Harajuku Kawaii Experience", para divulgar a cultura de Harajuku ao mundo. Recebeu destaque mundial ao produzir o videoclipe "PONPONPON", para o lançamento do single de estreia da Kyary Pamyu Pamyu, ícone do pop japonês.

Serviço
Time after time capsule - a cápsula do tempo de Sebastian Masuda viaja pelo mundo
Data - 20 de janeiro de 2018
Horário
Palestra - das 11h às 13h (em japonês, com tradução consecutiva)
Workshop - das 15h às 18h
Local: Japan House São Paulo
Endereço - Av. Paulista, 52, São Paulo
Classificação - livre

Em tempo: a palestra tem vagas limitadas. As senhas para participação serão distribuídas, no local,  uma hora antes.



Comentários

Portal Primus FM: fique por dentro