Obras do Salão de Artes de Pinheiros podem ser vistas na Estação República do Metrô

Quadro “Madona” da artista Márcia Scalco
A partir desta quarta-feira, 10 de janeiro, quem passar pela Estação República do Metrô poderá contemplar as 19 obras de arte premiadas no 30º Salão de Artes de Pinheiros, promovido pela Associação Comercial de São Paulo (ACSP) por meio de sua Distrital Pinheiros.


Um dos destaques é o quadro “Madona”, da artista Márcia Scalco, que levou a premiação máxima do Salão de Artes ― o evento foi realizado em outubro passado. A exposição faz parte do Projeto Linha da Cultura do Metrô de SP e vai até 31 de janeiro, no segundo piso da estação, que dá acesso à Linha 4 - Amarela.

As obras ― sendo 13 telas e seis esculturas ― foram fotografadas e colocadas em painéis de 66 cm por 96 cm para a exposição no Metrô. “É uma oportunidade de enaltecer o nome dos artistas empreendedores das artes plásticas. Esse é um dos projetos que faz parte do crescimento da Distrital Pinheiros para 2018, que sempre pôde contar com o apoio da ACSP”, diz o diretor-superintendente da distrital, Humberto Luiz Dias.

A Linha da Cultura é um programa voltado para produções artístico-culturais realizado pelo Metrô de SP desde 1986. Oferece uma agenda que abarca diversas linguagens artísticas com abordagem de conteúdos de interesse social e educativo, proporcionando a troca e a interação da empresa com seus usuários por meio da arte.

Criado em 1988, o Salão de Artes da Distrital Pinheiros/ACSP faz parte do calendário oficial da Secretaria da Cultura do Estado de SP. Conta com apoio institucional da Assembleia Legislativa do Estado de SP e do Metrô de SP. 

Comentários

Portal Primus FM: fique por dentro