Confira os vencedores da 2ª edição do Prêmio IPL - Retratos da Leitura


O Instituto Pró-Livrocriado pelas entidades do livro – ABRELIVROS, Câmara Brasileira do Livro (CBL) e Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL), apresentou os 12 vencedores da 2ª edição do Prêmio IPL - Retratos da Leitura. A cerimônia ocorreu nesta segunda-feira, dia 04 de dezembro, no Unibes Cultural, em São Paulo, e contou com a presença de convidados do mercado editorial, do patrono do prêmio deste ano, Maurício de Sousa, do Secretário da Cultura do Município de SP, André Sturm e do Secretário da Economia da Cultura, Mansur Bassit.

Lançado desde 2016, pelo Instituto Pró-Livro’ - IPL, o prêmio tem como objetivo reconhecer e homenagear organizações que desenvolvem práticas de fomento à leitura e, deste modo, promover e difundir experiências para que ganhem amplitude e investimentos, orientem políticas públicas e inspirem outras iniciativas pelo Brasil. Estas iniciativas foram todas mapeadas através da Plataforma Pró-Livro que reúne informações destas práticas ao redor do país e, incentiva a troca de experiências. 

Como patrono do Prêmio, o pai da turma da Mônica, Mauricio de Sousa, apresentou a primeira de uma série de peças publicitárias que circularão na mídia, ao longo de 2018, com mensagens alusivas ao poder transformador da leitura. “O Mauricio de Sousa é membro da Academia Paulista de Letras, seus personagens recheiam as páginas de muitos livros no país, e mesmo seus gibis se atualizam às mudanças que acontecem na sociedade constantemente”, diz Luís Antonio Torelli, presidente do Instituto Pró-Livro’. “Ele é um ícone quando se fala de leitura por prazer e, é uma honra tê-lo como o patrono de tão importante prêmio”, acrescenta.

Confira abaixo os premiados da segunda edição

Cadeia produtiva 
A Literatura no Cárcere – A formação do eu – Giostri Editora LTDA - São Paulo/SP; Programa de leitura Adote um Escritor - Câmara Rio-Grandense do Livro - Porto Alegre/RS e Carrinho de livros – Solisluna Design Editora - Lauro de Freitas/BA.

Organizações Sociais Civis
Tô na rede Pará - Instituto de Políticas Relacionais - São Paulo/SP, Passaporte para o futuro - Fundação Gaúcha dos Bancos Sociais / Banco de Livros - Porto Alegre/RS e Projeto Círculos de leitura - Instituto Fernand Braudel de Economia Mundial- São Paulo/SP

Bibliotecas
Programa Prazer em ler - RNBC - Rede Nacional de Bibliotecas Comunitárias- Salvador/BA, Ler é legal – Ministério Público do Distrito Federal e Territórios – Brasília/ DF e Leitores e mediadores em ação – Fundação Cultural Alfredo Ferreira Lage – Juiz de Fora/ MG

Mídia
A menina que indica livros – São Paulo/ SP, Quarta Capa - PUC TV Minas - Belo Horizonte/MG e Blog do Galeno - Instituto Ideall - Ribeirão Preto/SP.

Os representantes das entidades vencedoras foram contemplados com troféu e selo (impresso e virtual) de participação. Os demais finalistas foram homenageados com o selo de participação. Os premiados passaram por um criterioso processo de avaliação. Primeiramente a comissão avaliadora, composta por especialistas da área, analisou se os projetos cadastrados atendiam aos critérios do prêmio e, num segundo momento, os jurados, compostos por Luiz A. Torelli - presidente IPL e CBL, Marcos da Veiga Pereira – presidente do SNEL; Mansur Bassit – Secretario de Economia Criativa, responsável pela Diretoria do Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas, do Ministério da Cultura; Angela Dannemman - Fundação Itaú Social (premiada na 1ª edição) e Claufe Rodrigues - Globo News Literatura (premiado na 1ª edição), selecionaram os premiados dentre os finalistas.

As entidades do livro, mantenedores do IPL, também entregaram menção honrosa ao Instituto C&A, pelos dez anos de promoção do fomento a leitura, com o programa Prazer em ler; ao portal Publishnews, por ser a principal fonte de informação para e sobre o mercado editorial, a cadeia produtiva do livro e o mundo da leitura e para a Fundação Dorina Nowill para cegos, pelos 70 anos de contribuição à inclusão social pela leitura de pessoas com deficiência visual. Nesta homenagem, o IPL antecipou a criação de uma quinta categoriapara a terceira edição do Prêmio, em 2018, –– a de organizações que promovem a leitura inclusiva.

Comentários

Portal Primus FM: fique por dentro