40 anos da morte de Clarice Lispector ganha programação na Mário de Andrade

Escritora Clarice Lispector  Foto - Divulgação

Filme A Hora da Estrela (1985) com direção de Suzana Amaral, espetáculo com os cantores Jussara Silveira e Celso Sim, sobre a novela A Hora da Estrela, palestra do pesquisador Gutemberg Medeiros sobre Clarice Lispector no jornalismo brasileiro acontecem entre 6 e 9 de dezembro, data do aniversário de 40 anos de morte da escritora e da publicação do livro A Hora da Estrela. 

No dia 6 de dezembro a Biblioteca irá passar o filme A Hora da Estrela (1985) com direção de Suzana Amaral com entrada gratuita.

Com apresentações nos dias 7, 8 e 9 de dezembro, sempre às 19h, o espetáculo Outra Hora da Estrela encerra a programação de teatro da Biblioteca Mário de Andrade em 2017. A entrada para o espetáculo nas três sessões é gratuita, com retirada de ingressos a partir de uma hora antes (175 lugares).

“Outra Hora da Estrela” explora elementos do teatro contemporâneo, com diálogo entre diferentes mídias para a sua estrutura narrativa, unindo teatro, literatura e música. Em 2017 completam-se 40 anos de publicação da clássica novela de Clarice, ‘A hora da estrela’. 

Assinado pelo poeta e crítico literário Eucanaã Ferraz, o roteiro promove uma leitura em recorte da obra de Clarice Lispector, por meio de elementos cenográficos, de iluminação, figurinos e cenários, que valorizam a interpretação da cantora baiana Jussara Silveira. Ela desfia pérolas do cancioneiro popular brasileiro dos últimos 50 anos, em especial do período de escritura e publicação da novela. O ator e cantor paulista Celso Sim se ocupa da narração do espetáculo, que é acompanhado por banda-trio de piano, percussão e violão.

No sábado, 9 de dezembro, quando se completam 40 anos da morte de Clarice, o pesquisador e professor Gutemberg Medeiros fará palestra na Mário de Andrade, com o tema “Clarice Lispector ao rés do chão: fusão de literatura e jornalismo”. Também gratuito, o evento acontece às 16h.

O pesquisador irá expor elementos de vida e obra da escritora, a partir, especialmente, das obras “A hora da estrela”, “De corpo inteiro” e “A descoberta do mundo”. A demonstrar, dessa maneira, que a escritora desfez barreiras entre jornalismo e literatura. Na prosa "A hora da estrela”, essa "miscigenação" de gêneros é evidente, a exemplo da observação direta e reelaboração artística da realidade de imigrantes nordestinos no Rio de Janeiro, demonstrando-se assim que sua atividade de cronista e repórter constituiu uma espécie de laboratório para a sua prosa, a exemplo do que ocorreu com o russo Fiódor Dostoiévski, entre outros escritores-jornalistas.

Serviço
Especial Clarice Lispector
Cinema - A Hora da Estrela
Direção de Suzana Amaral (1985)
Data - 06 de dezembro
Horário - 19h
Duração - 95 min.

Teatro Musical - Outra Hora da Estrela
Elenco - Jussara Silveira e Celso Sim (vozes), Danilo Andrade (piano), Muri Costa (violão) e Lan Lanh (percussão)
Direção - Eucanaã Ferraz
Data - 07, 08 e 09 de dezembro
Horário - 19h
Duração - 90 minutos
Classificação - Maiores de 14 anos

Palestra: “Clarice Lispector ao rés do chão: fusão de literatura e Jornalismo"
Palestrante - Gutemberg Medeiros
Data - 09 de Dezembro
Horário - 16h
Duração - 60 minutos

Local dos eventos Biblioteca Mário de Andrade
Rua da Consolação, 94 - Centro
Capacidade do auditório - 175 lugares

Toda a programação é gratuita (retirar ingresso com 1h antes do espetáculo)

Comentários

Portal Primus FM: fique por dentro