EXPOSIÇÃO SOBRE GEORGES BRASSENS EM SÃO PAULO

“Brassens Ou La Liberté” apresenta a vida e a música do artista francês de forma interativa

Foto: Divulgação
A Aliança Francesa de São Paulo promove, de 15 de julho até 06 de agosto, a exposição multimídia interativa “Brassens Ou La Liberté”, concebida pela Cité de la Musique, polo parisiense dedicado à música. A exposição, que acontece na Galeria Imago, unidade Jardins-Trianon da Aliança Francesa de São Paulo, foca na história de George Brassens, poeta, cantor e compositor francês.
 
Em onze painéis, os admiradores de Brassens terão contato com a vida e a carreira do artista, podendo ainda visitar uma parte interativa da exposição, onde terão acesso a uma interface para escutar músicas, assistir a vídeos e se sentir mais próximos de sua obra.

Sobre Georges Brassens
Poeta, compositor e cantor francês (1921-1981), Brassens nasceu em Sète em uma família operária e humilde, tendo se mudado para Paris em 1939. De ideologia libertária, militou na resistência francesa durante a ocupação alemã de Paris. Colaborou para a publicação clandestina Libertaires, e, em 1942, publicou seu primeiro livro de poemas. No início dos anos cinqüenta, começou a gravar suas primeiras canções (Le gorille, de 1951, La mauvaise réputation y Les amoureux des bancs publics, de 1952, e Chanson pour l'auvergnat, de 1955). Seu trabalho peculiar o elevou a status de referência para os intelectuais franceses da época, e suas apresentações periódicas atraíam público de diferentes gerações, mantendo intacto seu prestígio até seu falecimento.

Serviço:
“Brassens Ou La Liberté”
Galeria Imago – Unidade Jardins-Trianon da Aliança Francesa de São Paulo – Rua Ministro Rocha Azevedo, 419.
De 15 de julho até 06 de agosto – de segunda à sexta, das 9h às 21h, aos sábado das 9h às 12h.
Entrada gratuita.

Comentários

Portal Primus FM: fique por dentro