Pesquisa revela principais causas da dor de cabeça


Neosaldina, marca líder no mercado de analgésicos, foi a campo ouvir dos consumidores quais as principais causas da sua dor de cabeça

Em pesquisa encomendada por Neosaldina, marca especialista no combate da dor de cabeça, os consumidores soltaram o verbo e contaram quais as principais causas da dor de cabeça nas grandes cidades. O estresse, a fome e o esforço visual foram citados nas primeiras posições. “A pesquisa mostrou que os consumidores estão informados e conseguem identificar as causas para sua dor de cabeça, inclusive as menos óbvias, como problemas de postura e excesso de sol. Apenas 7% dos entrevistados respondeu que desconhecia a causa de seu incômodo” argumenta Renato Suzuki, gerente de marca OTC da Takeda, laboratório fabricante da Neosaldina.

A pesquisa revelou que 47% dos entrevistados indicaram o estresse e as tensões psicológicas como as principais causas da dor de cabeça nas grandes cidades. Em seguida e quase empatados vêm a TPM, a gripe e o resfriado (11%) e o esforço visual e causas relacionadas à qualidade ou quantidade de sono (10%). Para um número reduzido de pessoas, a fome e a tensão física (8%), o excesso de álcool (7%), os fatores externos, como luz, barulho e poluição (6%), os problemas de postura e coluna (6%) e o excesso de sol (5%) também são desencadeadores da dor de cabeça.

Foram entrevistadas cerca de 1.600 pessoas em São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Salvador e Goiânia, no período de agosto a outubro de 2009.