Um grande homem, Uma grande estrela...

Aqueles que me conhecem sabem da minha profunda admiração por Paul Newman, não só pelo seu trabalho no cinema, mas fora da grande tela também.

Paul Newman foi um apaixonado por corridas, possuía a Newman-Hass equipe da Formula Indy, e um humanitário.
Foi proprietário de uma indústria de alimentos, atividade que lhe rendeu mais do que com o cinema, e grande parte dos lucros são revertidos para instituições de caridade e clínicas para dependentes químicos. Foi um dos grandes da época de ouro de Hollywood.

Meus filmes favoritos? Bom, fica difícil adoro quase todos, destaco três:

O Veredicto
Newman interpreta um advogado alcoólatra e decadente que tem sua grande chance de dar a volta por cima ao assumir um caso de erro médico. Ele não aceita acordo e enfrenta um poderoso grupo defendido por um renomado advogado.

Butch Cassidy and the Sundance Kid
Perseguidos pela justiça dos Estados Unidos, dois amigos inseparáveis e assaltantes de trens e bancos, Butch Cassidy - Paul Newman e Sundance Kid - Robert Redford, fogem para a Bolívia por acreditarem ser um lugar menos policiado e civilizado, junto com a namorada de um deles. O filme de George Roy Hill foi premiado com o Oscar nas categorias de melhor canção ("Raindrops Keep Fallin´ on My Head"), roteiro e fotografia.

Rebeldia Indomável
Paul Newman interpreta um homem rebelde, preso por um crime pequeno, que tem de sobreviver à hostilidade de detentos e guardas. A obsessão pela liberdade o faz ser respeitado e admirado por todos.

Pois é, dia 26 de setembro faz um ano que o ator Paul Newman despediu-se desta vida.