Dia dos pais: Bate a saudade.


Queria escrever algo para homenagear o Seu Benê nesse dia dos pais e encontrei esse texto escrito especialmente para ele pela minha querida prima e artista plástica Zeni Bernardo, que fala tudo:

A vida nem sempre foi festa
E ele comemorou
Os dias nem sempre foram felizes
E ele sorriu
A realidade nem sempre foi boa
E ele sonhou
As pessoas nem sempre foram alegres
E ele solidarizou
A missão nem sempre é fácil
E ele cumpriu
A vida nem sempre é longa
E ele partiu
Com a certeza do reencontro...
Como é certo um novo dia!

Um beijo no seu coração e durma bem pai.

Em tempo: nem sei como dizer o quanto te amo, sei que sinto muita saudade.