Espetáculo No Fim, Viveremos! reestreia em Sampa

Foto - Thiago Lopes

Peça
do Grupo Ser de Teatro faz curta temporada no Teatro Arthur Azevedo

Após uma temporada de sucesso, reestreia no dia 01 de julho, no Teatro Arthur Azevedo, o espetáculo No Fim, Viveremos! do Grupo Ser de Teatro, com direção de Fernanda Faran e no elenco Fabio Dantas, Guilherme Barros, Renata Maria Nogueira, Shirlei Souza e Erica Alves, que também assina a autoria da peça.

No Fim, Viveremos! se passa em um dos períodos mais tristes da nossa história recente: a Segunda Guerra Mundial e o auge do regime nazista. Nesse contexto, está inserido a vida de duas irmãs judias que vivem escondidas em um sótão, na esperança de sobreviverem. O som do rádio e as notícias que leem nos jornais tornam os dias mais frios e cinzentos. A chegada inesperada de alguém traz à tona incertezas e temores de uma guerra que antes acontecia fora das quatro paredes, mas que agora está em todo lugar.

Um dos principais pontos abordados na peça é protagonismo feminino durante a Segunda Guerra Mundial. O espetáculo foi desenvolvido com o intuito de dar visibilidade e fomentar o debate sobre as mulheres que resistiram ao regime nazista, além de apontar a existência de personagens negras, pouco referenciadas durante esse período histórico.

A dramaturgia é a primeira peça que parte de uma trilogia de texto intitulada Mulheres no Holocausto, escrita por Erica Alves, entre 2017 e 2019, e finalizada após um longo período de pesquisas sobre a vida de mulheres na época da Segunda Guerra Mundial, especialmente daquelas que viveram em situação de esconderijo.

Foto - Thiago Lopes

A perspectiva feminina sobre o holocausto e as violências específicas de gênero ocorridas naquela época atraíram a curiosidade e nortearam os estudos de Erica. A presença do feminino em seus textos ocorre de uma percepção que teve sobre a falta de relatos vividos por mulheres durante esse período histórico.

A diretora Fernanda Faran destaca três fatores relevantes da montagem de No Fim, Viveremos!: “primeiramente a importância de dirigir um texto inédito de uma dramaturga jovem e brasileira. Em segundo, pelo texto ser fruto de pesquisa desse grupo feminino cujo tema é a mulher em situação de holocausto. E por último, dar corpo e movimento a essas personagens que por mais que a história seja ficção não significa que elas nunca existiram”.

Todas as sessões da peça contarão com a presença de um interprete em Libras. O espetáculo foi contemplado no Edital de Fomento a Projetos Culturais Descentralizados de Múltiplas Linguagens da Secretaria de Cultura do Município de São Paulo.

Ficha técnica
No Fim, Viveremos!
Texto - Erica Alves
Direção - Fernanda Faran
Elenco - Erica Alves, Fábio Dantas, Guilherme Barros, Renata Maria Nogueira e Shirlei Souza
Desenho de Luz - Renato Barroso
Assistente de Direção - Levi Corrêa
Direção de Produção - Shirlei Souza
Assistente de Produção - Renata Maria Nogueira
Visagismo - Louise Helene
Figurino - Caroline Donato
Cenografia - Gabriela Gatti
Contrarregra - Paulo Lopes
Operador de Luz - Renato Barroso
Operador de som - Levi Corrêa
Tradução em Libras - MIPLIBRAS
Designer Gráfico - André Kitagawa
Fotos - Thiago Lopes
Assistente de Fotografia - Gustavo Gonçalves
Mídias Sociais - Kyra Piscitelli
Videomaker - Nara Ferriani
Assessoria de Imprensa e Coordenação de Comunicação - Fabio Camara
Idealização - Grupo Ser de Teatro

Serviço 
No Fim, Viveremos!
Temporada - de 01 a 10 de julho
Horário - sexta e sábado às 20h e domingo às 18h
Duração - 90 minutos
Local - Teatro Arthur Azevedo
Endereço - Av. Paes de Barros, 9555 - Mooca - São Paulo
Capacidade - 50 lugares.
Ingresso Gratuito
Retirada dos ingressos 1 hora antes na bilheteria
Classificação - 16 anos
Mais informações 11 2604 5558 e no site aqui

Postar um comentário

0 Comentários